Twitter tira site sobre mercado financeiro do ar, por divulgar notícia falsa sobre coronavírus

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

A Reuters informou que o Twitter baniu o site sobre o mercado financeiro Zero Hedge depois que ela publicou artigo que vincula um cientista chinês à epidemia causada pelo novo coronavírus. O Zero Hedge recebeu uma notificação da rede social na sexta-feira (31), acusando o veículo de violar seus termos de serviço.

O Twitter confirmou à Reuters neste domingo (2) que a conta do Zero Hedge foi permanentemente suspensa por violar a “política contra manipulação” da plataforma.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

A rede social se refere a um artigo publicado alegando que o coronavírus teria sido criado para ser uma arma biológica. O título fazia o leitor se perguntar se o cientista chinês do artigo era o causador de toda essa epidemia: “É este o homem por trás da pandemia global de coronavírus?”.

Com o intuito de frear em seus domínios a circulação de notícias falsas, o Twitter levou em frente uma reclamação do site BuzzFeed sobre tal artigo – o Twitter só toma esse procedimento a partir de reclamações de outros usuários.

Xenofobia

Chineses em todo o mundo estão sofrendo preconceito por conta do coronavírus. Inclusive no Brasil, relatos, no próprio Twitter, mostram que as pessoas estão classificando os chineses como portadores do vírus. A rede social não permite, porém, atos xenófobos, mas é preciso denunciar.

O epicentro da epidemia é a capital da província de Hubei, Wuhan, com mais de 11 milhões de habitantes. Só na China já são mais de 20 mil casos confirmados e o número pode crescer muito mais, já que outros 58 mil são suspeitos.

O Twitter já havia informado que “aqueles que se engajarem em tentativas coordenadas de disseminar informação falsa sobre a crise de coronavírus serão removidos do serviço”.

O Zero Hedge, que cobre principalmente economia e finanças, tinha mais de 670 mil seguidores no Twitter até a suspensão da conta.

Money Week 5ª Edição

5 Dias de Evento | 70 Autoridades do Mercado Financeiro | 20 Horas de Conteúdo