Tudo sobre a General Electric (GEOO34), com BDR disponível na B3

Ana Paula Schuster
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: General Electric (GEOO34)

A General Electric (GEOO34) é um conglomerado multinacional com sede em Boston, nos Estados Unidos. Sua atuação se expande por diferentes áreas, como aviação, softwares, energia, pesquisa global, assistência médica, petróleo, gás, energia renovável, transportes, serviços financeiros, produtos farmacêuticos e indústria automotiva.

A empresa já figurou como a terceira maior dos EUA por receita bruta em 2018, pela Fortune 500. Também já foi considerada a 14a mais lucrativa, em 2011. Em 2012, foi listada como a quarta maior do mundo no ranking da Forbes Global 2000. Por duas vezes, o Prêmio Nobel foi entregue a funcionários da empresa: em 1932, a Irving Langmuir; e em 1973, a Ivar Giaever. 

Atualmente, a empresa tem se empenhado em pesquisas relacionadas à pandemia de coronavírus. Conheça aqui mais sobre a empresa.

Conheça a General Electric (GEOO34)

A General Electric (GEOO34) é uma empresa multinacional dos EUA que atua nos setores de aviação, energia, tecnologia de saúde e energia renovável e para isso, houve a divisão entre quatro negócios que são:

  • Power: setor de energia e tecnologia, abrangendo toda a cadeia produtiva;
  • Renewable Energy: energia renovável hidrelétrica, solar e eólica;
  • Healthcare: tecnologias para a saúde, com uso massivo da ciência de dados;
  • Aviation: fornecimento de motores e sistemas de aviões do mundo todo.

Resultados da GE

Mesmo atuando em diversos setores, a General Electric (GEOO34) foi bastante afetada pela pandemia, pois a demanda por serviços de companhias aéreas comerciais sofreu uma queda de 65%. Conheça os números gerais deste BDR:

  • Valor de mercado: US$ 118,4 bilhões;
  • Receita total: US$ 21,929 bilhões;
  • Lucro bruto: US$ 7,764 bilhões;
  • Lucro líquido: US$ 5,704 bilhões;
  • Lucro por ação: US$ 0,6;
  • Margem bruta: 24,88%;
  • Margem operacional: 15,05%;
  • Margem líquida: 7,08%;
  • Ebitda: -US$3,1 bilhões;
  • Dividend Yield: 0,3%.

Apesar da pandemia da Covid-19, o lucro líquido da empresa cresceu, uma vez que em 2019, ela teve prejuízo de US$ 4,979 bilhões. Assim, mesmo com queda nos serviços, houve um desempenho com potencial de aumento no preço de seus ativos.

Valorização dos BDRs da GE

Em 26 de março de 2020, cada BDR da GE estava custando R$ 40,06. No mesmo dia de 2021, estava custando R$ 73,98. Ou seja, em um ano, a valorização foi de 84,67%.

Desempenho no último balanço da General Electric (GEOO34)

De acordo com o balanço patrimonial da General Electric (GEOO34) veja as informações sobre os ativos da empresa:

  • Total do patrimônio líquido: US$ 35,551 bilhões;
  • Total do endividamento de longo prazo: US$ 70,288 bilhões;
  • Dívida sobre o patrimônio líquido: 211,15%;
  • Dívidas pagas: US$ 16 bilhões;
  • Total de ações ordinárias: 702 milhões;
  • Contas a pagar: US$ 16,476 bilhões;
  • Contas a receber: US$ 27,051 bilhões.

A carteira de pedidos permaneceu em US$ 387 bilhões, com 80% em serviços em 2020 e em 15 maio de 2020, as ações chegaram a custar R$ 31,80.

A General Electric (GEOO34), mesmo tendo as dívidas sendo pagas, teve uma baixa lucratividade em 2020. Apesar disso, é um resultado esperado devido à crise econômica na pandemia.

Estratégia da General Electric (GEOO34)

Para impulsionar o lucro a longo prazo, a empresa se baseia no “Lean”, uma filosofia baseada no Toyotismo. Ou seja, o modelo de negócios e produção tende a ser ágil e enxuto.

Esta estratégia baseia-se em três objetivos. São eles:

  • Transição energética;
  • Saúde de precisão;
  • Futuro dos voos.

A General Electric (GEOO34) ajuda a gerar um terço da energia mundial. Por isso, lançou uma meta de neutralização da emissão de carbono até 2030. Então, para alcançar o objetivo, pretende sair do mercado de energia gerada por carvão.

Em relação à saúde, a empresa ajudou a enviar os equipamentos para Wuhan no começo da pandemia. Além disso, hoje trabalha com ciência de dados na área a partir da plataforma EdisonTM, que torna a ressonância magnética mais fácil e rápida.

O futuro do voo é promissor, pois a Aviation reduziu em 15% o consumo de combustíveis dos motores. Assim, a sustentabilidade torna-se um grande fator para reduzir custos.

Desempenho da General Electric (GEOO34) na crise

Em 2018, a General Electric (GEOO34) vendeu a BioPharma para a Danaher e isso gerou um impacto enorme dois anos depois, no contexto de crise de pandemia.  Entretanto, a venda gerou US$20 bilhões e uma sólida liquidez a longo prazo.

Para minimizar o risco, a empresa estendeu o vencimento de dívidas que acumulam US$ 10,5 bilhões. Em relação a 2019, estas foram reduzidas em cerca de US$ 30 bilhões. Então, mesmo com a crise afetando a arrecadação, foi possível diminuir o déficit.

Também foi pioneira no fornecimento de equipamentos para a China no começo da pandemia. Além disso, em Cheltenham, na Inglaterra, produziu 5 mil monitores de pacientes em 15 semanas. Assim, as ações sociais da empresa foram cruciais neste período.

Origem e história da General Electric (GEOO34)

A General Electric (GEOO34) foi criada em 1892, com a fusão de duas companhias já existentes. A Edison General Electric Company, fundada por Thomas Edison, e a Thomson-Houston Electric Company, fundada por Gerald Waldo Hart.

Então, veja alguns dos anos importantes para a empresa:

  • 1896: estreia no Índice Dow Jones Industrial Average e na bolsa de valores de Nova York;
  • 1911: incorporação da National Electric Lamp Association, criando sua divisão de iluminação;
  • 1919: fundação da RCA, responsável pela produção de radioativos eletrônicos, sendo separada do restante da corporação 21 anos depois;
  • 1959: é acusada de promover cartel ilegal, com 29 empresas e 45 executivos sendo investigados no Sherman Antitrust Act;
  • 1969: readquire a RCA e liquida os ativos da empresa;
  • 2019: é acusada de fraude contábil de US$ 38 bilhões por Harry Markopolos, importante investigador de fraudes financeiras no país.

O que é preciso fazer para investir na General Electric (GEOO34)?

Para adquirir BDRs da General Electric (GEOO34), o investidor precisa procurar um banco ou uma corretora de valores autorizados pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM).