Após Trump anunciar retomada de tarifas sobre importações, Bolsonaro diz que usará “canal aberto” para discutir medida

Fernando Augusto Lopes
null

Crédito: Ueslei Marcelino/Reuters

O presidente Jair Bolsonaro disse nessa segunda-feira (2) a jornalistas, na saída do Palácio da Alvorada, que usará um alegado “canal aberto” com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, para conversar sobre a decisão de retomar as tarifas cobradas para importação de aço e alumínio brasileiros.

A medida foi anunciada pelo presidente norte-americano em sua conta no Twitter na manhã de segunda-feira. Trump escreveu: “Brasil e Argentina têm promovido uma forte desvalorização de suas moedas, o que não é bom para os nossos agricultores. Portanto, com efeito imediato, restaurarei as tarifas de todo aço e alumínio enviado para os EUA a partir desses países”.

Guerra de juros

O Federal Reserve (Fed) também devem agir para que outros países, e existem muitos, não tiram mais proveito do nosso dólar forte, desvalorizando ainda mais suas moedas”, ele seguiu. “Isso torna muito difícil para nossos fabricantes e agricultores exportar seus produtos de maneira justa”, acrescentou.

Trump tem pedido com frequência que o Fed reduza as taxas de juros para abaixo de zero. Na visão do mandatário norte-americano, as taxas negativas na Europa e em outros países dão vantagens econômicas a esses países.

Entretanto, os técnicos do Fed têm relutado em tomar as medidas heterodoxas tentadas por outros bancos centrais. O comitê de política monetária do banco central norte-americano terá sua próxima reunião em 10 e 11 de dezembro.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Canal aberto

Bolsonaro foi surpreendido com a decisão de Trump. Ele afirmou que o assunto será tratado ainda hoje com o ministro da Economia, Paulo Guedes: “vou falar com o Guedes hoje. Alumínio? Vou falar com o Paulo Guedes agora. Se for o caso, ligo pro Trump, eu tenho um canal aberto com ele. Converso com o Paulo Guedes e depois dou uma resposta, para não ter que recuar”, disse Bolsonaro a jornalistas.

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.