Trump planeja reabrir os Estados Unidos até a Páscoa

Omar Salles
null
1

Crédito: Reprodução/Facebook

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, disse na tarde desta terça-feira (24) que gostaria que as restrições para conter a epidemia do coronavírus no país fossem retiradas até a Páscoa – 10 de abril.

“Eu adoraria que o país fosse totalmente aberto até a Páscoa”, afirmou o presidente americano no encontro diário que faz com a imprensa, junto à força-tarefa que combate o Covid-19, na Casa Branca.

“Eu acho que isso é possível, por que não seria…” disse o presidente americano.

Nesta terça-feira a Índia, segundo país mais populoso do mundo, anunciou o fechamento das fronteiras por 21 dias para tentar impedir que o coronavírus se espalhe.

A Índia tem apenas 500 casos até agora, o que é pouco comparado à sua imensa população de 1,3 bilhão de pessoas.

Mas o governo teme que, se o coronavírus se espalhar, o resultado possa ser pior que na China e na Itália.

Mais casos

Os Estados Unidos já têm mais de 45 mil casos, com pelo menos 15 mil em Nova York, onde as ocorrências praticamente dobraram em 24 horas.

Segundo o jornal The New York Times, Trump e o vice-presidente Mike Pence estão resolutos em reabrir os EUA em questão de semanas, não de meses.

Pence é justamente o chefe da força-tarefa.

O vice-presidente admitiu que o tempo que a administração Trump prevê que os trabalhadores voltem aos empregos, abandonando a quarentena, é mais curto do que determinam as autoridades médicas.

Questão de semanas

“Nós temos a prioridade nos mais vulneráveis, mas botar a América de volta ao trabalho também é uma prioridade, não em questão de meses, mas de semanas”, disse Pence aos repórteres.

Nova York

Em Nova York, o governador Andrew Cuomo (Partido Democrata), hoje criticou Trump, por ter mandado 400 respiradores para o estado. “O que nós vamos fazer com 400 respiradores, quando precisamos de 30 mil”, afirmou Cuomo, que também faz briefings diários com a imprensa.

“Você está perdido na magnitude do problema, e este é um problema determinado pela magnitude”, disse o governador Cuomo.

Trump rebateu o governador de Nova York pela Fox News. “Eu vi o show de reclamações dele. Vou dizer o seguinte, governador, você poderia ter comprado 16 mil respiradores com desconto, mas não comprou”, afirmou.

 


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374