Trump perdoa quatro colarinhos brancos

Tatiane Lima
Jornalista, redatora sênior. Tecnóloga em Recursos Humanos e MBA em Comunicação e Marketing. Apaixonada por empreendedorismo criativo. Atuei nos três setores, com hard news, jornalismo on, off e redação publicitária.
1

Crédito: Isac Nóbrega / PR

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, concedeu perdão a alguns condenados nesta terça-feira (11). Entre os salvos estão criminosos de colarinho branco, como o investidor Michael Milken, e o político Rod Blagojevich. E até infratores em crimes relacionados a fraudes fiscais, roubo e drogas.

Assim, um dos perdoados que mais chamou atenção foi o ex-governador democrata Rod Blagojevich. O político governou o estado americano de Illinois de 2003 até seu impeachment, condenação e destituição do cargo em 2009. Blagojevich foi condenado por tentar vender a cadeira que Barack Obama esvaziou no Senado ao ser eleito presidente dos EUA.

Enquanto esperava ser julgado, o ex-governador participou do reality show liderado por Trump, o Celebrity Apprentice (O Aprendiz, no Brasil). O presidente americano ridicularizou a sentença atribuída a Blagojevich, em 2012, de 14 anos. As acusações de fraude eletrônica, extorsão e tentativa de suborno sustentaram a condenação.

Outro nome de destaque na lista de Trump é Michael Milken. Investidor, ele já foi apelidado como o “rei dos títulos de alto risco” de Wall Street. Após ser indiciado em 1989, por informações privilegiadas, Milken se declarou culpado por violações de valores mobiliários. Ainda chegou a cumprir aproximadamente dois anos de prisão e pagou fiança de US$ 1,1 bilhão.

Em declaração aos repórteres em Washington, Trump também minimizou a condenação.  “Temos Mike Milken, que fez um trabalho incrível para o mundo com todas as suas pesquisas sobre o câncer. Pagou um preço alto, pagou um preço muito difícil.” Isso porque o investidor comanda o Instituto Milken, uma entidade sem fins lucrativos voltada ao desenvolvimento de pesquisas desde câncer ao mercado financeiro. Todo ano, os gigantes das finanças comparecem à Conferência Global do Milken Institute, que atrai outros filantropos e investidores.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Concessões de Trump

Trump também concedeu perdão ao ex-proprietário do time de futebol San Francisco 49ers, Eddie DeBartolo Jr, por envolvimento em um esquema de suborno. O presidente americano perdoou o ex-comissário do Departamento de Polícia de Nova York, Bernard Kerik, por declarações falsas e fraude fiscal.

Ainda eximiu o empresário Ariel Friedler, por acesso indevido a um computador protegido; David Safavian, oficial de compras dos EUA, por acobertar laços comprometedores. Bem como Paul Pogue, por fraude fiscal e Angela Stanton, por roubo de anel de veículo.

Por fim, Trump converteu as sentenças de outras três mulheres, sob condenação por crimes como fraude com o governo federal e drogas.