Trump e Biden apostam em estados decisivos na véspera da eleição

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução / NDLA

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o candidato democrata Joe Biden trocaram ataques e investiram em apelos de última hora aos eleitores nesta segunda-feira (02).

Os candidatos estiveram em Estados chaves no último dia da campanha ao mesmo tempo em que os norte-americanos estabeleciam recorde de votação antecipada. Mais de 93 milhões de pessoas já votaram de forma antecipada, seja pelo correio ou pessoalmente. As informações são Reuters.

Na Carolina do Norte, durante o primeiro de cinco comícios planejados em quatro Estados, Donald Trump rejeitou as pesquisas nacionais que o apontam como derrotado na eleição e fez alertas sobre eventual presidência de Biden.

Juliano Custódio. Henrique Bredda. Luiz Barsi. Gustavo Cerbasi.

Estamos Ao Vivo!

“Votar em Biden é dar o controle do governo aos globalistas, comunistas, socialistas, os ricos hipócritas liberais que querem silenciar, censurar, cancelar e punir vocês”, disse Trump.

Em Ohio, Joe Biden prometeu curar as feridas do país e atacou a forma como Trump lidou com a pandemia de Covid-19.

“Amanhã teremos a oportunidade de pôr fim a uma presidência que dividiu esta nação”, afirmou Biden, chamando Trump de “fraco” e uma “vergonha”.

De acordo com reportagem do Valor, Biden está vencendo Trump por 10 pontos em nível nacional e por uma média de 6 pontos em um grupo de 12 Estados-chave que possivelmente definirão o vencedor em 2020. Os dados são de uma pesquisa conduzida pelo “The Wall Street Journal” em parceria com a “NBC News”.

Assim, Trump tenta evitar se tornar o primeiro presidente em exercício a perder a reeleição desde o colega republicano George H. W. Bush em 1992.

Trump tuitou em média uma vez por hora

O atual presidente dos EUA manteve o tom agressivo nas redes sociais, com acusações de corrupção contra Biden, questionamento da validade da eleição, minimização dos danos provocados pela pandemia, entre outras, conforme reportagem do Estadão.

Apenas neste final de semana, foram mais de 100 mensagens enviadas por Trump via Twitter. Em média, Donald Trump fez um tuíte por hora no mês de outubro.

 

Se você quer investir no mercado de renda variável preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos vai entrar em contato.