Toyota anuncia suspensão temporária de contratos dos funcionários

Angélica Weise
Jornalista formada pela UNISC e com Mestrado pela UFSM. Escreve sobre tecnologia, política, criptomoedas e atualidades.
1

Crédito: Pixabay

Foram suspensos de forma temporária os contratos com os funcionários da Toyota em quatro fábricas sediadas no Brasil. Essa é uma medida para conter o avanço do novo coronavírus no Brasil. A empresa também anunciou que está ajustando as obras de acordo com a demanda e adotará novas medidas voltadas à segurança de seus funcionários. A reportagem é do Valor Econômico.

Com 6 mil funcionários, a produção nas unidades de São Bernardo do Campo, Sorocaba, Porto Feliz e Indaiatuba, em São Paulo foi interrompida em 24 de março. E desde então, a montadora japonesa vem avaliando a retomada.

Retomada prevista para junho

A primeira delas é a parada total das unidades no estado de São Paulo é em São Bernardo do Campo, Porto Feliz e Indaiatuba. Essas com previsão de retorno em 22 de junho, e em Sorocaba com retorno em 24 de junho de 2020.

A suspensão dos contratos vai seguir a regra da Medida Provisória 936 que permite redução da carga horária e dos salários dos funcionários.

Além da Toyota, outra fabricante de veículos, a General Motors, também confirmou que suas fábricas estariam fechadas por dois meses a partir de segunda-feira.

A Toyota informa que continuará avaliando a evolução da Covid-19 no Brasil, podendo inclusive voltar antes do prazo, mas seguindo sempre as orientações do governo.