Time For Fun (SHOW3): prejuízo líquido tem leve melhora no 3T20, para R$ 13 milhões

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução / T4F

A Time For Fun (SHOW3) reportou nesta sexta-feira (13) seus resultados referentes ao terceiro trimestre de 2020 e houve uma leve melhora no prejuízo líquido, passando de R$ 13,2 milhões no terceiro trimestre de 2019 para R$ 13,0 milhões agora.

No acumulado dos nove primeiros meses do ano, 2020 apresentou prejuízo de R$ 52,8 milhões, contra R$ 65,7 milhões de 2019.

O número de eventos realizados no terceiro trimestre foi de zero. Nenhum. No mesmo período de 2019, foram 130 eventos.

Conheça a FinTwit, o maior fórum de finanças do mundo.

Hoje o Twitter é pauta na Money Week.

Consequentemente, nenhum ingresso foi vendido, contra 173 mil no terceiro trimestre do ano passado.

A receita líquida saiu de R$ 54,6 milhões no terceiro trimestre de 2019 para apenas R$ 2,7 milhões neste trimestre.

“As ações de enfrentamento à pandemia adotadas no 2T20, com foco no controle de gastos e gestão do fluxo de caixa, foram fundamentais para a manutenção da nossa saúde financeira, mesmo com a continuidade das restrições à operação”, lembra a Time For Fun.

EBTIDA despenca

O resultado antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBTIDA, na sigla em inglês) ficou negativo em R$ 3,1 milhões.

É uma melhora com relação ao trimestre anterior, que ficou negativo em R$ 15,5 milhões.

Entretanto, é uma piora na comparação anual – o terceiro trimestre de 2019 ficou com menos R$ 1,3 milhão.

Caixa líquido

No terceiro trimestre de 2020, a Time For Fun apresentou um caixa líquido de R$ 50,9 milhões.

É uma queda de R$ 6,3 milhões em relação aos R$ 57,2 milhões do segundo trimestre.

E uma diminuição ainda maior, na comparação com caixa do terceiro trimestre de 2019, de R$ 75,3 milhões.

Perspectivas futuras

A situação da Time For Fun é bem delicada, pois é um dos setores mais afetados pela pandemia da Covid-19. Depende de aglomerações, plateias.

A empresa lembra que “desde 15 de outubro, São Paulo encontra-se na fase verde do plano de retomada, permitindo com distanciamento social, a realização de eventos com até 60% da capacidade da casa, limitado a 2.000 pessoas”.

“Tendo em vista a situação atual e perspectivas quanto à pandemia”, diz a T4F.

“Projetamos a retomada de nossos shows indoor para o primeiro trimestre de 2021, e um aumento do fluxo de artistas internacionais a partir do terceiro trimestre”, segue

Assim, o Lollapalooza foi reagendado para os dias 10, 11 e 12 de setembro de 2021.

LEIA MAIS
Time For Fun (SHOW3) tem queda de 98% na receita líquida do 2TRI20

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.