Tim (TIMS3) capta R$ 1,6 bi em debêntures; Even (EVEN3) aprova dividendos

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: tim-logo-divulgação

A Tim (TIMS3) concluiu nesta terça-feira (15) a liquidação da 2ª emissão de debêntures, em série única. Foram emitidas 1,6 milhão debêntures, com valor nominal unitário de R$ 1 mil, de modo que a captação deu o montante total de R$ 1,6 bilhão. O vencimento das debêntures é em 15 de junho de 2028.

“As debêntures se enquadram dentro do projeto de infraestrutura aprovado pelo Ministério das Comunicações no dia 22 de abril (portaria 2447/2021), no valor global aproximado de 5,8 bilhões de reais”, ressalta a Tim.

Simule seus investimentos com um especialista e confira as melhores opções de acordo com seu perfil

De acordo com a empresa, os recursos obtidos por meio da emissão serão destinados para o financiamento de projetos de implantação, ampliação e modernização de redes fixa e móvel em diferentes tecnologias, incluindo 5G.

Além disso, as debêntures contam com uma componente sustentável que permitirá sua qualificação como sustainability-linked, de acordo com os princípios estabelecidos pela International Capital Markets Association.

“As metas ESG (Environmental, Social e Governance) determinadas pela emissão possuem um impacto relevante para sociedade e para o meio ambiente e estão alinhadas com o Plano Estratégico da Companhia”, informa a Tim.

Entre essas metas estão: chegar a 100% de presença 4G nos municípios brasileiros até dezembro de 2023; e aumentar em 80% ou mais a eco eficiência (bit/joule) no tráfego de dados até dezembro de 2025, em relação ao ano base de 2019.

Remuneração das debêntures da Tim

As debêntures terão atualização monetária pela variação do IPCA e juros remuneratórios correspondentes à sobretaxa de 4,1682% ao ano.

Caso as metas ESG sejam cumpridas, os juros remuneratórios serão automaticamente ajustados, de acordo com um mecanismo de step-down de 0,125% ao ano por meta, podendo chegar a uma redução máxima de 0,25% ao ano, segundo as informações da própria Tim, em comunicado divulgado ao mercado e aos acionistas.

A empresa também firmou contrato de Swap de taxas de juros com objetivo de hedge ao custo de CDI + 0,95% ao ano, em relação à emissão corrente.

Even (EVEN3) aprova pagamento de R$ 40 milhões em dividendos intermediários

A incorporadora Even (EVEN3) aprovou, em reunião do Conselho de Administração, a distribuição de dividendos intermediários no montante total de R$ 40 Milhões, com lastro nas demonstrações financeiras da companhia referentes ao 1º trimestre de 2021, cujo lucro foi 2,3 vezes maior.

Tal montante a ser distribuído representa R$ 0,19311758 por ação ordinária de emissão da Even, sem contar as da Tesouraria.

Os juros serão pagos de acordo com a base acionária de 18 de junho de 2021 e o pagamento será feito em 30 de junho desde mesmo ano.

Log (LOGG3) aprova programa do Plano de Stock Options

A reunião do Conselho de Administração da Log (LOGG3) aprovou o Plano II de Outorga de Opções de Compra de Ações da Companhia, com a lista dos beneficiários e a data da concessão aos beneficiários no montante total de 338.074 opções.

“Os beneficiários serão devidamente convidados por escrito por este Conselho de Administração, através da respectiva Carta Convite, a adquirir, caso assim desejarem, de acordo com os prazos, preços de compra e de exercício, o número de opções indicadas na respectiva Carta Convite”, detalhou a Even.

As opções poderão ser exercidas anualmente, no período de 1º a 31 de dezembro. O exercício das opções conferirá o direito a ações ordinárias da Log, pelo preço de exercício de R$ 30,22 por opção/ação, que corresponde à média da cotação das ações dos 30 pregões anteriores à data da concessão.

As opções não exercidas após decorridos 3 anos do último exercício expirarão.

Atma (ATMP3) informa sobre aumento de capital

O Conselho de Administração da Atma (ATMP3) aprovou a homologação do aumento do capital social da companhia no valor de R$ 315.974.096,30, mediante a emissão de 1.860.970 ações ordinárias, ao preço de emissão de R$ 169,79 por ação.

Tais ações resultam da conversão de 314.307.149 debêntures da terceira série da 7ª emissão feita pela Atma.

Assim, seu capital social passa de R$ 1.092.741.526,36, dividido em 24.788.472 ações ordinárias para R$ 1.408.715.622,66, dividido em 26.649.442 ações ordinárias.

Ambipar (AMBP3) compra a Ecológica Nordeste

A Ambipar (AMBP3) informou hoje a aquisição de 100% da Ecológica Nordeste EIRELI e Ecológica Gestão Ambiental Ltda, através de sua controlada indireta, Ambipar Environmental Nordeste.

Fundada em 2013, na cidade de Salvador, a Ecológica Nordeste iniciou suas operações oferecendo serviços de gerenciamento de resíduos, que contemplam a coleta, transporte e destinação de resíduos classes I e II, segundo da Ambipar.

“É considerada uma das empresas pioneiras em seu segmento na região, quando então iniciou sua primeira unidade de trituração e blendagem de resíduos para coprocessamento com tecnologia de ponta no município de Simões Filho, Bahia”, sublinhou.

Em 2020, apresentou um faturamento de R$ 12 milhões.

“Esta aquisição permite à companhia ampliar o escopo do contrato de fornecimento de resíduos processados como matéria-prima para os fornos de cimento das cimenteiras, gerar sinergias na valorização de resíduos, expandir a presença da companhia na região Nordeste e fortalecer sua posição de liderança tecnológica na oferta de soluções para gerenciamento total de resíduos”, defendeu a Ambipar.

Cases da Bolsa

Aprenda análise fundamentalista de ações na prática, com maiores cases já criados na B3