Tim (TIMP3) sobe 3,05% após liberação de pagamentos com auxílio

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: tim-logo-divulgação

A Tim (TIMP3) avançava 3,05%, a R$ 12,85, às 15h45, após informar que pagamentos de faturas e recargas poderão ser feitos com cartão de auxílio emergencial.

A operadora é a primeira a disponibilizar este tipo de recurso aos clientes. A companhia também oferece desconto e benefícios para usuários do pré-pago que assistirem a um vídeo sobre o coronavírus.

De acordo com a TIM, os clientes poderão pagar suas faturas de forma simples, escolhendo a opção “pagar com cartão” no site da empresa.

Já os usuários de planos pré-pagos podem fazer recargas com o auxílio emergencial por meio da plataforma de autoatendimento. “Basta discar *244# no celular TIM e inserir os dados necessários”, explicou a operadora.

A Caixa Econômica criou o  cartão de débito virtual para facilitar o uso do dinheiro para beneficiários do auxílio emergencial.

Fonte: Tradingview

Outros benefícios da TIM

A ainda informou que disponibiliza diversos benefícios para evitar deslocamentos e aglomerações. Usuários podem contar com bônus de dados e assistir vídeo educativos sobre o coronavírus.

A TIM reforçou também a oferta de serviços de educação e entretenimento, com gratuidade por 30 dias.

LEIA MAIS

Ibovespa continua em alta; dólar está cotado a R$ 5,69

Tim (TIMP3) tem lucro normalizado de R$ 164 mi no 1TRI20, alta de 8,3%