Teto do INSS deve passar dos R$ 6 mil em 2020

Paulo Amaral
Jornalismo é meu sobrenome: 20 anos de estrada, com passagens por grandes veículos da mídia nacional: Portal R7, UOL Carros, HuffPost Brasil, Gazeta Esportiva.com, Agora São Paulo, PSN.com e Editora Escala, entre outros.

Crédito: Wikipédia.

Aposentados e pensionistas do INSS que recebem mais do que um salário mínimo por mês acordaram nesta sexta-feira (10) com uma boa notícia.

Segundo reportagem do portal Uol, os casos que se encaixam no perfil acima terão um reajuste salarial de 4,48% em 2020, superior aos 3,43% pagos no ano passado.

Os novos valores serão creditados já a partir da folha de janeiro, que será paga pela Secretaria da Previdência entre os dias 27 de janeiro e 7 de fevereiro.

Novo teto

O novo teto máximo para o pagamento de benefícios também subiu e, em 2020, deverá ser de R$ 6.101,06.

O valor mínimo a ser pago para aposentadorias e pensões segue o do salário mínimo e teve um aumento de 4,1%, passando de R$ 998,00 para R$ 1.039,00.

O índice usado para calcular o novo valor é o INPC acumulado de 2019, divulgado nesta sexta-feira (10) pelo IBGE.

Os novos valores precisam ser publicados no Diário Oficial da União antes de entrarem efetivamente em vigor.