Tesouro IPCA+ volta a pagar 4% de juro real, vale a pena?

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: EnvatoElements/By Rawpixe

O título da dívida pública Tesouro IPCA+ com vencimento em 2040 voltou a oferecer 4% de juro real, ou seja, ele corrige a inflação e paga mais 4% de juros.

O prêmio aumentou dado o temor do mercado em relação ao risco fiscal do Brasil.

Diante dessa alternativa na renda fixa, muitos podem se perguntar se é um bom momento para investir nesses papéis.

Não Perca! Começa hoje o evento que vai transformar sua visão sobre Fundos de Investimento Imobiliário

Em entrevista ao Valor Invest, a analista da Toro Investimentos, Paloma Brum, diz que a resposta depende do perfil do investidor.

Desse modo, para aqueles que são mais arrojados, os 4% de juro real ao ano ainda são pouco comparados aos possíveis retornos da renda variável.

No entanto, esse título do Tesouro pode ser uma estratégia interessante para quem deseja uma carteira mais conservadora. Mas vale destacar que, segundo os analistas, a exposição deve ser pequena em papéis do Tesouro corrigidos pelo IPCA.

Sobretudo em meio a um possível cenário de alta de juros, já que esse titulo sofre marcação a mercado e muda de preço em relação à taxa de juros.

Sendo assim, esse tipo de investimento pode ser recomendado para duas estratégias diferentes: Apostar na marcação a mercado acreditando que o título vai se valorizar antes do vencimento e tentar ganhar em cima disso.

Ou então, para aqueles que desejam investir a longo prazo, como para a aposentadoria, levar o título até o vencimento, em 2040.