Tesouro Direto enfrenta volatilidade, mas momento é de oportunidade

Natalia Gómez
Editora, é jornalista especializada no mercado de investimentos há 17 anos. Formada pela PUC-SP, teve experiências em veículos como Agência Estado, Valor Econômico e Revista Você SA; e na área de comunicação corporativa e relações públicas para instituições financeiras.

Crédito: reprodução/ferandogoes

A renda fixa sempre foi entendida pelos investidores como um mercado extremamente seguro. No entanto, a intensa volatilidade enfrentada por títulos públicos negociados no Tesouro Direto deixou muitas pessoas preocupadas.

Em meio ao sobe e desce, o Tesouro Direto chegou a paralisar as negociações várias vezes na semana passada. O Tesouro tem feito leilões de títulos para atenuar essa volatilidade. 

Se você é uma das pessoas que ficaram inseguras neste momento, veja os motivos que causaram a turbulência e o que isso significa.

Antes de mais nada, é importante entender que este mercado oferece boas oportunidades neste momento. 

O que é o Tesouro Direto

O Tesouro Direto, que negocia títulos emitidos pelo governo federal, é o mais seguro dentro da renda fixa. 

Afinal, a chance de o governo dar calote é muito menor do que de uma instituição privada.

Neste mercado, o investidor pode comprar títulos públicos com diferentes rentabilidades e datas de vencimento. 

Quando investe nesses títulos pré-fixados, o investidor sabe que vai receber exatamente a variação que foi combinada. No entanto, tem um porém: este acordo só vale se o investidor ficar com o título até a data do vencimento.

Então, se você tem títulos como o Tesouro IPCA e o Tesouro Prefixado, pode ficar tranquilo pois na data do vencimento você vai receber exatamente o que foi combinado na hora da compra. 

O risco existe apenas se você vender antecipadamento estes títulos prefixados.

Enquanto isso, no mercado secundário

Ao mesmo tempo, todos os investidores que compram estes títulos do governo podem negociar a compra e venda antes do vencimento. Isto é chamado de mercado secundário.

Neste mercado, as taxas variam conforme as expectativas que o mercado tem para a taxa de juros. Em outras palavras, a volatilidade faz parte também do mercado de renda fixa. 

“A volatilidade é normal porque existem vários agentes do mercado que estão comprando e vendendo estes títulos em cima da expectativa da taxa futura de juros”, explica a economista Andreia Fernanda, fundadora da consultoria de planejamento Rico Foco.

O que assustou muitos investidores foi justamente esta oscilação no mercado. Isso porque as pessoas associam a renda fixa com ausência de volatilidade, o que não é correto.

Com a crise do coronavírus, a dor dos investidores de títulos pré-fixados foi causada pela marcação a mercado, que impacta o valor do título a cada momento, e varia a cada dia.

Imagine o caso de um investidor que tem um título que rende IPCA mais 4%.

Se hoje este título estiver sendo negociado no mercado por IPCA mais 5%, o papel sofre uma desvalorização.

Já quando o mercado está negociando o mesmo título a IPCA mais 3%, o papel sofre uma valorização.

Esta marcação a mercado é o que deixa alguns investidores nervosos.

Mas não se preocupe, pois se você ficar com o título até a data do seu vencimento, a rentabilidade continuará a ser IPCA mais 4%, neste exemplo.

“Não importa a oscilação no meio do caminho, se ele levar o título ao vencimento, ele vai ter exatamente a rentabilidade que ele contratou”, explica o diretor comercial da Easynvest, Fabio Macedo.

Como as taxas variam

Diante da incerteza causada pela crise do coronavírus, as taxas dos títulos públicos estão passando por um momento de alta. 

Na prática, isso ocorre porque os investidores começaram a pedir prêmios maiores para deixar seu dinheiro alocado nestes títulos. “Quanto maior a incerteza sobre o futuro da economia, mais prêmio eu preciso para deixar meu dinheiro nos títulos do governo”, explica Andreia

Isso trouxe grandes oportunidades para quem deseja investir em títulos públicos no longo prazo, pois a rentabilidade foi beneficiada.

No caso dos títulos prefixados, que vinham com remuneração de 6% a 7% ao ano, chegaram a pagar 8%.

Veja um gráfico com as taxas do Tesouro Prefixado:

 

Agora confira as taxas do Tesouro IPCA 2035

No momento, já existe um movimento de recuo das taxas, embora ainda estejam elevadas. 

A acomodação ocorre porque começaram a surgir notícias mais positivas, como a redução dos casos na China e medidas de incentivo à economia anunciadas pelos governos. Com o tempo, este mercado deve mostrar uma acomodação ainda maior. 

Para ver mais gráficos de outros títulos, navegue neste link.

O que fazer agora?

Em momentos de volatilidade, é muito importante que você cuide do seu orçamento e tenha clareza sobre seus objetivos.

Caso você esteja investindo para ter uma reserva de médio e longo prazo, você pode aproveitar a oportunidade para comprar títulos públicos que estão com retornos atrativos.

“Apesar da volatilidade atual, os títulos do governo continuam a ser a opção mais segura para o investidor”, destaca Andreia Fernanda.

O diretor da Easynvest destaca que é difícil prever como vão se comportar as taxas dos títulos públicos. Em sua visão, esta é uma boa oportunidade para quem tem dinheiro na poupança ou no Tesouro Selic para aumentar sua exposição aos títulos pré-fixados.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

“Há poucos meses a gente via título que pagava IPCA mais 2,5%, e agora está pagando IPCA mais 5%. Esta é uma oportunidade expressiva para quem está pensando no longo prazo”, destaca.

Segundo ele, títulos de renda fixa privados também estão oferecendo bons retornos neste momento, como alguns CDBs.

Veja a tabela disponível no site do Tesouro Direto com as taxas atuais:

Importante: Tesouro Selic é diferente

Vale destacar que o Tesouro Selic é o único que pode ser vendido antes do vencimento sem risco de prejuízo. Diferente dos outros, ele é pós-fixado. Seu ganho é gradual a cada dia, e o valor investido sempre aumenta.

Por esta razão, o Tesouro Selic costuma ser indicado para reservas de emergência, pois pode ser resgatado a qualquer momento sem perdas.

 


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374