Reforma incluirá tributação de dividendos e patrimônio; veja mais notícias

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 8 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Certificações: CPA-10, CPA-20 e AAI. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

O deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), relator da reforma tributária, assegurou aos partidos de oposição que apresentará na semana que vem seu parecer e incluirá a tributação de lucros e dividendos, a proibição de dedução de juros sobre o capital próprio e que a tributação de herança e patrimônio será “progressiva” (nos moldes do Imposto de Renda Pessoa Física), conforme três fontes ouvidas pelo Valor.

A inclusão faz parte da estratégia traçada pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e o líder do MDB, Baleia Rossi (autor da PEC 45), para atrair os votos dos 130 deputados de oposição.

Maia e um grupo de partidos estão em intensas reuniões para tentar votar a reforma até o final de 2020, ainda sob sua gestão, mesmo faltando três semanas e meia para o recesso parlamentar.

Conheça planilha que irá ajudar nas escolhas, gestão e diversificação de suas ações

Remessa de lucros e dividendos cai 37% em 2020

A remessa de lucros e dividendos para o exterior atingiu US$ 16,5 bilhões no acumulado de 2020, retração de 37% em comparação com os US$ 26,2 bilhões de janeiro a outubro de 2019, conforme dados do Banco Central. A notícia é do Valor.

Em outubro atingiu US$ 919 milhões, contra US$ 4,187 bilhões do mesmo mês do ano passado.

Tesouro fez emissão recorde em outubro

O Tesouro Nacional emitiu R$ 173,26 bilhões no mês passado, o maior volume da série histórica, iniciada em 2006. O volume elevado de emissões de dívidas visa suprir a necessidade de financiamento do governo frente à pandemia de Covid-19, mas também garantir a manutenção do caixa acima do limite prudencial, conforme informou o Tesouro.

Em outubro, a dívida pública subiu 2,47% e chegou a R$ 4,64 trilhões, segundo informações do jornal Valor.

De acordo com o coordenador de operações da dívida pública, Roberto Lobarinhas, o Tesouro deve terminar 2020 com caixa em patamar acima do prudencial e em nível suficiente para fazer frente aos compromissos dos quatro primeiros meses de 2021, período no qual os vencimentos programados ultrapassam R$ 650 bilhões.

Brasil tem segunda maior alta de preços no atacado do mundo

O aumento de preços no atacado no Brasil é o segundo maior do mundo, atrás apenas do ocorrido na Argentina, conforme levantamento da economista-chefe da gestora de investimentos Armor Capital, Andrea Damico.

No acumulado em 12 meses até setembro, o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA), da Fundação Getulio Vargas, mostra que o aumento de preços chega a 26,03%.

França decide cobrar imposto de digitais ainda esse ano

A França decidiu aplicar um imposto sobre as grandes empresas do setor digital ainda em 2020, confirmou seu Ministério da Economia ontem (25), apesar das ameaças dos americanos de sobretaxar produtos franceses no valor de US$ 1,3 bilhão, conforme informou o jornal O Globo.

Investimento público X juro baixo

O economista André Lara Resende afirmou ao Estadão que o investimento público é hoje muito mais importante do que a política de juros como resposta para a retomada econômica após a pandemia do Covid-19 e também para o desenvolvimento de longo prazo do Brasil.

Guedes nega estar “desacreditado”

O ministro da Economia, Paulo Guedes, listou uma série de medidas já adotadas e disse haver “falsas narrativas” contra ele, em resposta a crítica de que o governo não tem um plano para sair da crise causada pela pandemia de Covid-19.

Guedes também rechaçou estar “desacreditado” e afirmou que o desempenho da Bolsa de Valores confirma essa percepção.

“A Bolsa sobe todo dia e o ministro está sem credibilidade? Eu sempre aprendi que é o contrário. A economia está acelerada, a geração de empregos está acelerada, a Bolsa sobe todo dia”, disse o ministro.

Brasil deve ter crescimento fraco no próximo ano

Segundo reportagem do Valor, O Brasil deve ter uma recuperação econômica cíclica em 2021, após a queda de 2020, mas enquanto as projeções oscilam num grande intervalo, entre 2,1% e 4,5%, parece certo que o crescimento do Produto Interno (PIB) do próximo ano deverá ser pequeno.

As incertezas sobre o teto de gastos, elevação do desemprego e redução da renda das famílias vão pesar. As notícias sobre a eficiência das vacinas contra a Covid-19 aliviam pouco o balanço de riscos, no entanto as incertezas permanecem.

Buscas por Black Friday crescem 20% em 2020

As buscas por Black Friday na internet cresceram 20% entre os dias 11 e 17 de novembro na comparação com igual de 2019, de acordo com levantamento do Google, obtido pelo Estadão.

Segundo a consultoria Ebit/Nielsen, o e-commerce na Black Friday deste ano deve ter alta de 27% em relação a 2019, considerando as vendas entre hoje e amanhã.

Bolsonaro antecipa fim da alíquota zero de IOF

O presidente Jair Bolsonaro assinou ontem (25) medida que encerra o fim da isenção de IOF sobre operações financeiras. A antecipação foi motivada para compensar o gasto com a gratuidade temporária de tarifa de energia para moradores do Amapá que foram afetados pelo apagão, conforme informou o Valor.

Empresários lançam estudo sobre as relações Brasil-China

Apesar da gestão Bolsonaro ter se distanciado diplomaticamente dos chineses, o setor empresarial brasileiro tenta estreitar relações e ampliar o comércio com a China, informou o Estadão.

Hoje (26) será lançado um estudo pelo Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC), que visa dar linhas gerais para a estratégia de relacionamento com o país asiático.

Atualização Covid-19

O Brasil teve 654 óbitos confirmados por Covid-19 nas últimas 24 horas, elevando o total de vítimas a 170.769. Os novos casos positivados foram 47.898, de um total de 6.166.606 milhões.

Leia Mais

Melhor investimento: onde investir durante e após a crise

Teste de impairment: para que serve e qual a sua importância?

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da EQI Investimentos entrará em contato.