Telefonica (VIVT4) converterá ações; Voiter (IDVL4) precifica OPA

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução/Facebook

A Telefonica Brasil (VIVT4) aprovou nesta sexta-feira (14) a conversão da totalidade das suas ações preferenciais emitidas em ações ordinárias.

Serão mais de 1,119 bilhão de ações preferenciais convertidas, na proporção de uma ação ordinária para cada uma ação preferencial.

As ações preferenciais serão extintas.

A Telefonica diz que recebeu anuência da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) para a operação em 6 de agosto deste ano.

Valor aos acionistas

A empresa “entende que a conversão gerará valor a todos os seus acionistas”.

Isso porque haverá a extensão a todos os acionistas, após a conversão, do direito de votarem com as suas ações nas Assembleias Gerais de Acionistas.

Além disso, haverá a outorga a todos os acionistas não-controladores do direito de venda conjunta de suas ações.

As ações ordinárias a serem recebidas pelos acionistas titulares de ações preferenciais participarão de forma integral em todos os benefícios.

“Inclusive dividendos e eventuais remunerações de capital que vierem a ser aprovados”, ressalta a Telefonica.

Além disso, “farão jus aos mesmos direitos a que as ações ordinárias de emissão da companhia fazem atualmente”.

A empresa ainda informa que “será garantido às ações ordinárias detidas pelos acionistas não-controladores o direito de venda conjunta (tag along) de suas ações, em linha com a legislação societária em vigor, na eventual alienação do controle da companhia”.

Recesso

Os acionistas que não concordarem com a operação, “terão o direito de retirar-se da companhia, mediante o reembolso do valor, de todas ou parcela, de suas ações”.

Considerando-se que o capital social da Telefonica está dividido em 1.688.693.776 ações (somadas as ações ordinárias e preferenciais, excluídas as em tesouraria), o valor de reembolso a ser pago aos acionistas dissidentes, correspondente ao valor de patrimônio líquido ajustado, é de R$ 40,38 por ação preferencial.

Voiter (IDVL4) precifica OPA

O Banco Indusval (IDVL3 IDVL4) informou também nesta sexta a oferta pública para aquisição de ações de emissão da companhia visando à saída do segmento de listagem da B3.

A empresa recebeu o laudo de avaliação das ações, elaborado pela Mazars Cabrera.

De acordo com o laudo, o valor econômico das ações está no intervalo entre R$ 2,53 e R$ 2,78, calculado com base na metodologia de fluxo de dividendos descontados.

“O avaliador considera tal metodologia a mais adequada, pois captura o potencial de crescimento do mercado e da companhia, em seu cenário de atuação”, diz a empresa em nota ao mercado.

Entretanto, ainda com base no laudo, o acionista controlador optou por fixar o preço da OPA em R$ 2,78.

O edital da OPA será divulgado até o dia 19 de agosto de 2020.