Telefônica (VIVT4) tem alta de 25,5% no lucro no 3TRI20

Felipe Moreira
Especialista em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 7 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução Telefônica

A Telefônica (VIVT4) reportou lucro líquido de R$ 1,212 bilhão no terceiro trimestre de 2020. Isso representa um aumento de 25% na comparação ano a ano.

Conforme a Telefônica, a melhora foi em função do melhor resultado financeiro e menor despesa com impostos no trimestre.

O lucro da operadora de telefonia ficou levemente acima das expectativas do mercado, enquanto o Ebitda e a receita encerraram o período em linha.

Perdeu a Money Week?
Todos os painéis estão disponíveis gratuitamente!

Na prévia, a expectativa era por um lucro de R$ 1,13 bilhão, Ebitda de R$ 4,41 bilhões e receita de R$ 10,735 bilhões.

Ebitda recua quase 5%

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) somou R$ 4,322 bilhões no trimestre, uma diminuição de 4,8% em relação ao mesmo período de 2019.

Conforme a operadora, o resultado reflete, ainda que em menor escala, a menor atividade comercial do período em função da pandemia do Covid-19, parcialmente compensada pela eficiência no controle de custos.

Enquanto, a margem Ebtida atingiu 40%, baixa de 1,1 ponto percentual.

Os custos operacionais somaram R$ 6,470 bilhões, uma retração de 0,6%.

De acordo com a Telefônica, a redução deve-se principalmente aos menores custos com comercialização de serviços.

Receita cai

A receita líquida da Telefônica totalizou R$ 10,792 bilhões no trimestre, uma redução de 2,3%.

O resultado financeiro foi uma despesa de R$ 17 milhões no terceiro trimestre, uma redução de 94,6%.

De acordo com a Telefônica, o resultado é fruto principalmente pela redução do endividamento líquido e redução da taxa de juros, alémda atualização monetária relacionada a processos judiciais.

Investimentos e dívida da Telefônica

A Telefônica investiu R$ 1,803 bilhão no terceiro trimestre, o que representa 16,7% da receita líquida.

O montante investido foi principalmente destinado à expansão do footprint e adoção de FTTH e IPTV e ao reforço de capacidade e expansão da rede nas tecnologias 4G e 4.5G de forma a suportar a crescente demanda por dados e garantir a excelência na prestação de serviços.

A dívida líquida da Telefônica encerrou setembro em R$ 4,502 bilhões.

Proventos

Em 17 de setembro de 2020, o Conselho de Administração deliberou o crédito de juros sobre capital próprio no montante bruto de R$ 650 milhões relativo ao exercício social de 2020.

Confira os principais números da Telefônica (VIVT4):