Taurus (TASA4) terá joint venture para fabricação de acessórios para armas leves

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Wikipedia

A Taurus (TASA3 TASA4) informou nesta sexta-feira (29) que assinou memorando de entendimentos (MoU) não vinculativo comum a importante empresa brasileira do ramo automotivo atuante no mercado nacional, visando a constituição de uma joint venture no Brasil.

A intenção da união é fabricar acessórios para armas leves. Obtendo-se todas as autorizações estatutárias e legais, a joint venture atuará na fabricação e a comercialização de acessórios para armas leves, visando os mercados nacional e internacional.

“A partir da assinatura do MoU, as partes terão até 30 de setembro de 2020 para concluir os estudos de viabilidade da criação da joint venture e o plano de negócios a ser desenvolvido, bem como estabelecer as condições necessárias à efetivação do novo negócio”, disse a Taurus em nota.

“A celebração desse memorando de entendimentos é mais um importante passo no processo de restruturação da Taurus, baseado em rentabilidade sustentável, qualidade e melhora dos indicadores financeiros e operacionais, com forte investimento no desenvolvimento de novos produtos e tecnologias, além da entrada em um novo segmento de negócio”, conclui.

RNI (RDNI3) anuncia novo empreendimento

RNI (RDNI3) anunciou o lançamento do empreendimento RNI Nova Jaçanã, projeto 100% Minha Casa Minha Vida (MCMV), localizado em São Paulo, capital, no bairro Jardim Julieta.

São 353 unidades do residencial. Este é o primeiro lançamento virtual da história da RNI. Foram realizados meetings e treinamentos técnicos virtuais com a equipe de vendas, além de todo o atendimento e processo de vendas ocorrer de modo digital, segundo informou a empresa.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

A área total construída é de 25.669,01 metros quadrados.

Os apartamentos sãs de dois dormitórios, com metragens de 40,55 metros quadrados e 41,12 metros quadrados. O valor geral de vendas fica em R$ 74 milhões.

CVC (CVCB3) não finalizará demonstrações financeiras de 2019

A CVC (CVCB3) informou nesta sexta-feira, que após indícios de erros, não finalizará demonstrações financeiras de 2019.

“Conforme informado em 28 de fevereiro, a companhia constatou, em uma avaliação preliminar no âmbito do processo de preparação de suas demonstrações financeiras relativas ao exercício social de 2019, indícios de erros na contabilização de valores transferidos aos fornecedores de serviços turísticos referentes às receitas próprias de tais fornecedores”, disse em nota.

“Embora os processos de revisão e reconciliação relacionados à contabilização dos valores acima mencionados encontrem-se em estágio avançado, não foi possível, até o presente momento, finalizar a elaboração das demonstrações financeiras, não apenas em virtude do grau de complexidade envolvido, mas também pelos impactos e restrições operacionais decorrentes da pandemia de Covid-19.

Assim, a CVC argumentou que não divulgará as demonstrações financeiras de 2019.