Taesa (TAEE11) tem lucro 42,1% maior no 1TRI21, para R$ 555,9 milhões

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A Taesa (TAEE11) reportou um lucro líquido 42,1% maior no balanço do primeiro trimestre de 2021 no comparativo com o mesmo período de 2020.

O lucro líquido IFRS subiu de R$ 391,2 milhões (1TRI20) para R$ 555,9 milhões (1TRI21).

O resultado foi devido, principalmente, aos maiores índices macroeconômicos registrados nos períodos comparados, com maior efeito do IGP-M que registrou 6,2% no acumulado do 1T21, e às aquisições e entrada em operação de Mariana em 2020.

Aprenda hoje a investir em Small Caps e encontre as oportunidades escondidas na Bolsa.

Já no lucro líquido regulatório, a Taesa (TAEE11) fechou o 1TRI21 em R$ 107,8 milhões, 22,6% menor que o mesmo período do ano anterior.

Veja o balanço na íntegra.

Lucro líquido IFRS

  • Lucro 1TRI21: R$ 555,9 milhões
  • Lucro 1TRI20: R$ 391,2 milhões

Ebitda

  • Ebitda 1TRI21: R$ 316,7 milhões
  • Ebitda 1TRI20: R$ 312,7 milhão

Receita IFRS

  • Receita 1TRI21: R$ 908,4 milhões
  • Receita 1TRI20: R$ 688,4 milhões

Ebitda da Taesa (TAEE11) cresce 1,3%, mas margem cai

O Ebitda regulatório da Taesa (TAEE11) no balanço do 1TRI21 ficou em R$ 316,7 milhões.

O valor é 1,3% superior aos R$ 312,7 milhões registrados de janeiro a março de 2020.

Mas a margem Ebitda regulatório caiu 1,9 p.p. Passou de 83,9% para 82% no 1TRI21.

Receita sobe 32% no balanço do 1TRI21

O aumento da receita líquida IFRS da Taesa (TAEE11) foi de 32% no balanço do 1TRI21.

O valor passou de R$ 688,4 milhões no 1TRI20 para R$ 908,4 milhões nos primeiros meses deste ano.

Já a receita líquida no resultado regulatório da Taesa (TAEE11) totalizou R$ 386,4 milhões no 1TRI21, registrando um crescimento de 3,6%em relação ao mesmo período de 2020.

Outros indicadores da Taesa (TAEE11)

  • Com um alto desempenho operacional ao longo dos anos, a Taesa apresentou, no primeiro trimestre de 2021, um índice disponibilidade da linha de 99,96%;
  • Custos, Despesas e Depreciação e Amortização totalizaram R$ 239,7 milhões no 1TRI21, 6,4% menor quando comparado ao 1TRI20;
  • No 1TRI21, a Dívida Bruta da Companhia totalizou R$ 6,257 bilhões, 2,4% maior que o trimestre anterior. O caixa da companhia ficou em R$ 1,031,5 milhões, registrando um aumento de 13,9% no trimestre e resultando em uma dívida líquida de R$ 5,226 bilhões, 0,4% maior que o 4TRI20;
  • No 1TRI21, a companhia, suas controladas, investidas em conjunto e coligadas investiram o total de R$ 308,3 milhões contra R$ 331,5 milhões investidos no 1TRI20, referentes aos empreendimentos em construção.