SulAmérica (SULA11) tem queda de 90% no lucro do 4TRI20

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação SulAmérica

A SulAmérica (SULA11) reportou lucro líquido de R$ 42,7 milhões no quarto trimestre de 2020, queda de 90,6% comparado com o mesmo período do ano passado. O valor considera a venda das operações auto e massificados no 3TRI20 para a Allianz.

No entanto, no consolidado de 2020 a empresa registrou o maior lucro da história da companhia. Houve uma alta de 98,7% no lucro líquido de 2020 frente a 2019. O lucro passou de R$ 1,18 bilhão (2019) para R$ 2,34 bilhões (2020).

Desconsiderando o segmento vendido, o lucro líquido anual das operações continuadas da SulAmérica somou R$ 42,6 milhões no 4TRI20, queda de 90%. No ano, houve queda de 23% no lucro líquido das operações continuadas. Foi registrado R$ 1,03 bilhão em 2019 e R$ 797,2 milhões em 2020. A queda de juros, segundo a empresa, contribuiu para o recuo do lucro.

Não Perca! Começa hoje o evento que vai transformar sua visão sobre Fundos de Investimento Imobiliário

O Ebitda ajustado da empresa fechou o 4TRI20 em R$ 75,4 milhões, queda de 82,7% em relação aos R$ 435,7 milhões do 4TRI19.

No comparativo anual, o Ebitda ajustado cresceu 35,3%: passou de R$ 917,5 milhões (2019) para R$ 1,24 bilhão.

Receitas da SulAmérica crescem 6,6%

As receitas operacionais atingiram R$ 5,3 bilhões no último trimestre de 2020. Ou seja, alta de 6,6% em relação ao mesmo período de 2019, totalizando R$ 20,0 bilhões no acumulado de 2020, aumento de 6,3% em comparação ao ano anterior.

“Conscientes do impacto da pandemia, assumimos desde o início uma postura proativa para acelerar inovações, manter nosso nível de atendimento e produtividade”, aponta Gabriel Portella, presidente da SulAmérica.

Ao lado dos corretores de seguros e o elevado nível de retenção de clientes, a SulAmérica encerrou 2020 com mais de 7 milhões de clientes.

A SulAmérica encerrou 2020 com 4,2 milhões de beneficiários em Saúde e Odonto, e o crescimento nas carteiras de planos coletivos de saúde foi de 6,1% ou mais 130 mil membros.

Investimentos sobem 67% em 2020

Em 2020, a SulAmérica investiu R$ 312 milhões em projetos estratégicos e de inovação, valor 67% superior aos investimentos realizados em 2019, dos quais R$ 188 milhões por meio das despesas administrativas do exercício.

Dados de seguros e odonto

A SulAmérica encerrou 2020 com 4,2 milhões de beneficiários em Saúde e Odonto, e o crescimento nas carteiras de planos coletivos de saúde foi de 6,1% ou mais 130 mil membros.

A companhia ainda adicionou mais de 90 mil beneficiários com a aquisição da Paraná Clínicas.

As receitas operacionais de saúde cresceram 6,5% e a margem bruta de saúde e odonto evoluíram 22,8% em 2020, atingindo R$ 2,5 bilhões.

Outros destaques da SulAmérica

  • Retorno sobre o patrimônio médio (ROAE) de operações continuadas de 11,9% em 2020;
  • Margem bruta operacional de R$2,6 bilhões (+18,2%) e EBITDA ajustado de R$1,2 bilhão (+35,3%) no ano;
  • Sinistralidade de saúde e odonto de 76,9% (+2,0 p.p.) em 2020: trajetória de melhoria nos últimos 12 anos;
  • 4,1 milhões de beneficiários em planos coletivos de saúde e odonto, com adição líquida de 137 mil vidas vs. 4T19 (+4%) e de 77 mil vs. 3T20 (+2%).