Steven Seagal é multado em US$ 314 mil por promover bitcoins

Felipe Moreira
Felipe Moreira é Graduado em Administração de empresas e pós-graduado em Mercado de Capitais e Derivativos pela PUC - Minas, com mais de 6 anos de vivência no mercado financeiro e de capitais. Apaixonado por educação financeira e investimentos.
1

Crédito: Reprodução/Flickr

O ator Steven Seagal pagará uma multa de US$ 314 mil (aproximadamente R$ 1,3 milhão) depois de firmar acordo com a Comissão de Valores Mobiliários dos EUA (SEC, na sigla em inglês) para colocar um ponto final em uma processo judicial por promover uma oferta de bitcoins sem informar aos reguladores e ocultar os recebimentos.

De acordo com a SEC, o ator violou as regras sobre a comercialização de valores mobiliários por não comunicar a oferta que recebeu de US$ 250 mil em dinheiro e US$ 750 mil em criptomoedas para promover uma oferta inicial da Bitcoiin2Gen (ICO). Com informações da EFE.

Seagal fez anúncios e publicações em suas contas de rede social que estimularam as pessoas a “não perderem” a Bitcoiin2Gen (ICO) e a publicação de um comunicado à imprensa intitulado “o mestre zen Steven Seagal tornou-se embaixador da marca Bitcoiin2Gen”.

Steven Seagal não negou ou admitiu as acusações, mas aceitou devolver US$ 157 mil, o valor recebido dessa empresa, mais juros, e o pagamento de multa de US$ 157 mil. Além disso, concordou em não promover títulos por 3 anos, digitais ou não.

Segundo relatório da SEC em 2017, as moedas vendidas na OIC podem ser consideradas títulos, dessa forma sua publicidade se encaixa em outra categoria de restrições e obriga celebridades ou qualquer individuo que promova uma criptomoeda a divulgar a natureza e o valor da cremuneração recebida.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

“As celebridades não podem usar sua influência nas redes sociais para promover valores sem divulgar adequadamente sua remuneração”, inforrmou a chefe da Unidade Cibernética da Divisão de Conformidade com a SEC, Kristina Littmann.

O ator de 67 anos tem sido alvo de críticas após ter sido citado em supostos casos de assédio sexual, a grande admiração pelo presidente russo Vladimir Putin e sua participação em grupos armados de voluntários que vigiam a fronteira com o México para combater a imigração ilegal.

Steven Segal tornou-se uma figura controversa depois de ter sido mencionado em supostos casos de assédio sexual no mundo do cinema, a grande admiração pelo presidente da Rússia, Vladimir Putin, e sua participação em grupos armados de voluntários que monitoram a fronteira com o México para combater a imigração ilegal.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374