Springs (SGPS3) tem prejuízo de R$ 34,3 milhões no 3TRI21

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação / site

A Springs (SGPS3) registrou prejuízo de R$ 34,3 milhões no terceiro trimestre de 2021 (3TRI21).

O valor é quase o mesmo que o prejuízo do mesmo trimestre do ano anterior, quando a empresa teve prejuízo de R$ 34,6 milhões.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

A margem líquida variou de 7,9% para 7,6% no 3TRI21.

Veja aqui o balanço do 3TRI21.

Springs (SGPS3): principais números do balanço do 3TRI21

Lucro líquido

  • Prejuízo 3TRI21: R$ 34,3 milhões
  • Prejuízo 3TRI20: R$ 34,6 milhões

Ebitda ajustado

  • Ebitda 3TRI21: R$ 58,2 milhões
  • Ebitda 3TRI20: R$ 39,7 milhões

Receita líquida

  • Receita 3TRI21: R$ 453,6 milhões
  • Receita 3TRI20: R$ 439,8 milhões

Ebitda e receita crescem no 3TRI21

O Ebitda ajustado da Springs (SGPS3) subiu de R$ 39,7 milhões para R$ 58,2 milhões. Ou seja, alta de 46,4%.

A margem Ebitda ajustada cresceu de 9,4% para 12,4%.

Já a receita líquida da Springs (SGPS3) avançou 3,1%. Assim, subiu de R$ 439,8 milhões para R$ 453,6 milhões ao fim do 3TRI21.

A linha de Cama, Mesa e Banho (Cameba) (c) e EPIs(d) foi  responsável por 64,9% da receita no 3T21, e produtos intermediários e por 8,0%. A receita do Varejo contribuiu com 27,1% da receita total no 3T21.

A geração de caixa nos 12 últimos meses findos em 30 de setembro de 2021, LTM EBITDA ajustado, alcançou R$ 230,4 milhões.