SLC Agrícola (SLCE3) e Iochpe-Maxion (MYPK3) entram na carteira semanal da Ativa

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Reprodução / SLC Agrícola

A Ativa Investimentos divulgou sua carteira de recomendações que vai até 11 de setembro de 2020 com duas alterações. Saem Weg (WEGE3) e Hering (HGTX3) para as entradas de SLC Agrícola (SLCE3) e Iochpe-Maxion (MYPK3).

Os outros três ativos seguem: Eztec (EZTC3), Camil Alimentos (CAML3) e Ultrapar (UGPA3).

Na comparação com o Ibovespa na semana, a carteira teve performance melhor: mais 1,86% contra queda de 0,88%.

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

O índice IBRX Brasil também caiu 0,88%.

Entretanto, em 2020, a carteira da Ativa acumula perdas de 23,82%, contra queda de 12,45% do Ibovespa e de 11,84% do IBRX.


Divulgação / Ativa Investimentos

Performances dos ativos

A Hering (HGTX3) e a Ultrapar (UGPA3) conseguiram altas de 6,63% e 5,97% na semana que se encerrou em 4 de setembro.

A Camil Alimentos (CAML3) fechou com mais 1,99%.

Os outros dois caíram: Weg (WEGE3) com menos 4,02% e a EzTec (EZTC3) com menos 1,24%.

SCL Agrígola e Iochpe-Maxion

A SLC Agrícola (SLCE3) fechou a semana anterior com alta de 3,81%.

Segundo a análise da Ativa, “o ativo montou excelente engolfo de alta, vai mantendo a LTA de médio prazo, gerando força para buscar os 26,07 e depois 29,26”.

Depois do pregão de sexta-feira (4), passou a valer R$ 25,31.

Já a Iochpe-Maxion (MYPK3) teve alta de 5,17%.

Nesse caso, a Ativa diz que o papel “buscou fundo anterior, na região de 11,15/11,30 e montou martelo com potencial de engolfo para assumir a reversão para alta. Superando os 13,00, vamos buscar os 14,00/14,50 e depois rumar aos 18,18 (média de 200)”.

Depois do pregão de sexta-feira (4), passou a valer R$ 12,40. A alta foi de 7,27%.