Shell reduz dividendos pela primeira vez desde a 2ª Guerra Mundial

Daniele Andrade
Jornalista formada pela Universidade Positivo, pós-graduada em Mídias Digitais. Atualmente cursa bacharel em História. Gosta de produzir reportagens sobre política tanto nacional quanto internacional, economia e tecnologia.
1

Crédito: Reprodução / Facebook

A Royal Dutch Shell decidiu reduzir o pagamento de dividendos aos acionistas, pela primeira vez desde a Segunda Guerra Mundial. As informações são da Reuters.

A decisão foi tomada para tentar preservar o caixa. À medida que a companhia se prepara para uma queda na demanda do petróleo, devido a pandemia do coronavírus.

Além disso, a Shell também suspendeu as recompras de ações e avisou que vai reduzir a produção de petróleo e gás. A redução seria em cerca de um quarto, devido ao seu lucro líquido ter caído pela metade. Somando em 2,9 bilhões de dólares.

Essas novas medidas em conjunto com os cortes em investimentos, devem possibilitar uma economia a Shell de 30 bilhões de dólares. O que pode auxiliar a empresa no enfrentamento da crise. Além de, uma transição à energia de baixo carbono segundo a Reuters.

Ben Van Beurden, presidente-executivo da Shell comentou sobre a situação: “Nós estamos atravessando uma crise de incerteza. Se nós não cortássemos os dividendos, nós ficaríamos sem opções para reposicionar a companhia para a recuperação e para o futuro.”

Sobre a Shell

A empresa se orgulhava muito por não ter cortado seus dividendos desde os anos de 1940. Mesmo em 1980, quando ocorreram grandes quedas no mercado, a companhia não cortou. De acordo com a Shell, os dividendos trimestrais vão ser reduzidos para 16 centavos de dólar por ação. O que deve auxiliar a poupar cerca de 10 bilhões de dólares neste ano.

Entre as cincos principais petroleiras no mundo, a Shell foi a primeira a cortar seus dividendos devido ao coronavírus. No primeiro trimestre, a BP e Exxon Mobil mantiveram, já a Total e Chevron ainda não divulgaram seus resultados.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

LEIA MAIS:

Debêntures podem financiar a retomada da economia

Construção e petróleo devem ter recuperação mais lenta, prevê corretora