Setor industrial está mais confiante em agosto, indica ICEI

Giovanna Castro
Jornalista formada pela UNESP.
1

Crédito: Foto: Gov/Ba/ Wikipédia

O Índice de Confiança do Empresário Industrial (ICEI), indicador regido pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) fechou em 57 pontos em agosto, o que aponta um aumento na confiança dos empresários do setor.

Desde abril, quando fechou em 34,5 pontos, menor pontuação dos últimos 10 anos, o indicador vinha se mantendo abaixo da média, visto que sua marcação vai de 0 a 100. Um dos principais motivos foi a chegada da pandemia do coronavírus ao Brasil.

EQI Investimentos: conheça os benefícios de se ter um assessor

Ferramenta ajuda na escolha de suas ações de acordo com balanços

Além da subida comparada aos últimos meses de 2020, o ICEI de agosto também superou a média histórica do indicador, que é de 53,4 pontos.

A pesquisa foi realizada entre 3 e 7 de agosto e consultou 1.284 empresas, sendo 517 pequeno porte, 473 médio porte e 294 de grande porte.

Planilha de Ações: baixe e faça sua análise para investir

Maior investimento no setor industrial

O ICEI é um importante medidor porque antecipa os investimentos ou falta deles no setor industrial, uma vez que a confiança dos empresários reflete diretamente na tomada de decisões pelos mesmos.

Em resumo, o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi, explicou que o salto no índice se deve à expectativa dos empresários de que o pior momento da crise causada pela pandemia tenha ficado para trás, embora a situação econômica ainda não esteja tão favorável.

Ele explica ainda que essa confiança em uma melhora no ambiente de negócios, movida pela reforma tributária proposta pelo governo, deve trazer crescimento no setor.

Nas últimas semanas, projetos relevantes como o novo marco do saneamento, que foi aprovado, e o novo marco legal do gás, que caminhou na Câmera dos Deputados, foram vistos com bons olhos pelo grupo.