Setor imobiliário em alta: Cyrela e Eztec disparam

Cláudia Zucare Boscoli
Colaborador do Torcedores

Crédito: Reprodução/iStock Photos

O setor imobiliário chama a atenção na Bolsa de Valores e as construtoras Cyrela e Eztec lideram o avanço em 2019.

O Índice Imobiliário está próximo de 1.200 pontos, maior nível desde que foi criado. A valorização é de 45% no ano. No mesmo período, a valorização do Ibovespa foi de 25%.

Saiba mais sobre fundos imobiliários.

Cenário favorável

O setor imobiliário em alta se explica pelo cenário de juros menores e expectativa de recuperação econômica, o que gera demanda por imóveis. E, consequentemente, aumenta as apostas no setor.

Setor imobiliário em alta: ações em disparada

Os papéis da Cyrela subiram 80% no ano. Estão cotados a R$ 28.

Os da Eztec dobraram de valor em relação ao início do ano. Estão a R$ 42.

A maior alta do índice foi a da Even, com avanço de 107%, mas o peso da companhia no índice é pequeno, de 4,6%.

Recorde do Índice Imobiliário

O Índice Imobiliário foi criado em 2008, a fim de mensurar o desempenho dos setores de exploração de imóveis e construção civil. Entre as empresas que compõem o índice estão BR Malls, Cyrela, Eztec, Iguatemi, MRV e Multiplan.

O nível de 1.198 pontos atingido no último dia 4 foi o recorde nominal do índice.

Setor imobiliário em alta: ainda vale investir?

As ações das empresas citadas já estão “caras”, mas há construtoras menores na Bolsa que valem atenção. É o caso da Helbor e Trisul. Os riscos são maiores, no entanto.

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.