Ser Educacional (SEER3) exerce opção de compra de ativos da Laureate

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação

A Ser Educacional (SEER3) anunciou nesta segunda-feira (28) que exerceu a opção de compra de adquirir 100% do capital social de duas empresas educacionais. O negócio, no valor de R$ 180 milhões, é fruto de um acordo com a Ânima Educação e envolve os ativos da americana Laureate no país.

Assim, a Ser comprou a Sociedade Paraibana de Educação e Cultura (Aspec) – mantenedora da Faculdade Internacional da Paraíba (FPB), e d Sociedade Capibaribe de Educação e Cultura (Socec) – mantenedora do Centro Centro Universitário dos Guararapes (UniFG) e do Cedepe Business School, ambos localizados em Pernambuco.

Além disso, a Ser Educacional informa que prorrogou por 15 dias (a partir de 27 de dezembro) prazo para exercício do seu direito de opção de compra de 100% de outros ativos. Neste caso, fazem parte da operação a Sociedade de Educação Ritter dos Reis (Ritter) – mantenedora do Centro Universitário Ritter dos Reis (UniRitter); do FADERGS – Faculdade de Desenvolvimento do Rio Grande do Sul  (FADERGS) – mantenedora do Centro Universitário FADERGS; e o Instituto Brasileiro de Medicina de Reabilitação (IBMR) – mantenedora do Centro Universitário Hermínio da Silveira.

Guia definitivo sobre Renda Variável  e os Melhores Investimentos para 2021

Em outubro a Ser Educacional e a Ânima fecharam o acordo. No mês anterior, a Ser havia firmado contrato com a Laureate para adquirir os ativos brasileiros da empresa.

Por fim, após a aprovação da transação entre a Ânima Educação e o Grupo Laureate pelo Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), será concretizada a venda das sociedades mantenedoras da FPB e do UNIFG para a Ser Educacional.