Sequoia (SEQL3) registra lucro de R$ 30 mi no 4TRI, alta de 144%

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/ Sequoia

A Sequoia (SEQL3) reportou um lucro líquido ajustado de R$ 30 milhões no quarto trimestre de 2020.

No mesmo período do ano anterior, a Companhia havia registrado um lucro ajustado de R$ 12,6 milhões.

No acumulado de 2020, o lucro líquido da Sequoia avançou 182% para R$ 42,7 milhões.

O ROIC da Companhia ficou em 32,6%, 1,1 p.p.inferior ao quarto trimestre de 2019.

Receita avança 108%

A receita líquida atingiu R$ 344,1 milhões, crescimento de 108% em relação ao quarto trimestre de 2019, com R$ 165,5 milhões.

No acumulado do ano, a receita líquida atingiu R$ 998,1 milhões, crescimento de 89% em relação ao mesmo período de 2019.

O lucro bruto da Sequoia totalizou R$ 82,8 milhões, enquanto a margem bruta ficou em 24,1% no trimestre.

Ebitda

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 38 milhões.

No mesmo trimestre de 2019, o Ebitda era de R$ 25 milhões.

“Essa melhora foi impulsionada principalmente pelo aumento da receita líquida e redução relativa dos custo dos serviços prestados”, destacou a Sequoia.

A margem Ebitda ajustado alcançou 11%, queda de 4,1 ponto percentual na comparação com um ano antes.

Despesas

As despesas comerciais, gerais e administrativas totalizaram R$ 44,77 milhões no quarto trimestre, incremento de 6,4 p.p. sobre a receita líquida em comparação ao mesmo trimestre de 2019.

Na comparação anual houve avanço de 1141,9% nas despesas.

Dívida

A dívida líquida da Companhia encerrou o terceiro trimestre em R$ 20,14 milhões.

A alavancagem financeira, medida pela relação dívida líquida / Ebitda ajustado, ficou negativa em 0,2 vezes no final do trimestre, contra 2,7 vezes no trimestre anterior.

Veja os principais destaques do balanço da Sequoia (SEQL3)