Seguro desemprego dos EUA cresce acima da projeção

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Freepik

O número de novos pedidos de seguro desemprego dos Estados Unidos (EUA) atingiu 362.000 na semana até 25 de setembro. Ficou acima da projeção que era de 335 mil novas requisições.

Com relação à semana anterior, houve uma elevação de 11 mil pedidos, frente ao total revisado, que foi de 351.000. A média móvel de quatro semanas foi de 340.000. Isto representou um aumento de 4.250 da média não revisada da semana anterior, de 335.750.

Já a taxa de desemprego segurado, ajustado sazonalmente foi de 2%. Fo uma diminuição de 0,1 ponto percentual em relação à taxa não revisada da semana anterior. Já os números absolutos do desemprego segurado durante a semana encerrada em 18 de setembro foi de 2.802.000. Isto representa uma redução de 18.000 em relação ao período anterior.

seguro desemprego

Seguro desemprego: dados não ajustados

O número de requisições não ajustados, que inclui os pedidos em programas estaduais, totalizou 298.255 na semana encerrada no dia 25.

Isto significa que houve uma redução de 2,7% nos pedidos, ou uma retração de 8,326 requisições.

Além disso, para a semana encerrada em 25 de setembro, 39 estados relataram 16.752 pedidos iniciais de auxílio governamental por conta da pandemia da covid-19.

Já a taxa de desemprego segurado não ajustada, foi de 1,8%. Esse indicador permaneceu estável com relação à semana anterior. Já o número não ajustados de desempregados, segurados junto aos programas estaduais, totalizou 2.460.965. Foi uma redução de 2% frente à semana anterior.

Desemprego nos estados

As maiores taxas de desemprego baseado no seguro desemprego foram em Porto Rico (4,7%); Califórnia (3,4%); Distrito de Columbia e Oregon (3,2%); Alasca, Nevada e Nova Jersey e Ilhas Virgens, todos com 3,15; Havaí e Illinois, ambos com 2,7%.

Já os maiores aumentos nas pedidos para a semana encerrada em 18 de setembro foram na Califórnia (17.218 novos pedidos), Virgínia (12.140), Ohio (4.147), Oregon (3.413) e Maryland (2.452). Por outro lado, as maiores reduções ocorreram na Louisiana (queda de 6.935), Nova York (redução de 2.275), Missouri (retração de 1.568), Oklahoma (recuo 1.264) e Novo México, com variação negativa de 1.055.