SEC questionou a Tesla sobre sua contabilidade, mostram os registros

Juliana Gusmão
null

Crédito: Imagem/reprodução/challenge

A Comissão de Valores Mobiliários parece estar de olho na contabilidade da Tesla Inc. Após uma batalha pública com seu diretor executivo. Contudo, a SEC já havia se deparado com Tesla TSLA, do executivo-chefe Elon Musk, mas essas brigas se concentraram amplamente nas atividades extracurriculares de Musk.

 No ano passado, Musk considerava tomar a empresa privada em US $ 420 por ação. Contudo, as acusações da SEC de que existia manipulação de ações foram liquidadas com uma multa de US $ 40 milhões. Assim, os executivos fizeram um acordo de que Musk deixaria o cargo de presidente, e Tesla indicaria novos conselheiros independentes do conselho.

Esse acordo foi posteriormente alterado com um idioma mais específico sobre o que Musk pode twittar. Ainda mais depois que a SEC sentiu que Musk violou o acordo com um tweet sobre a produção esperada na empresa de carros elétricos.

A correspondência recente tem menos a ver com Musk. Mas em grande parte recai sobre os ombros do novo diretor financeiro da Tesla, Zachary Kirkhorn. Além do departamento jurídico da Tesla.

Contudo, os arquivos enviados quarta-feira para o banco de dados on-line da SEC, mostram o regulador questionando o relatório anual da Tesla, emitido em fevereiro, e um relatório trimestral emitido em julho.

Em sua carta original a Kirkhorn, em 17 de setembro, a equipe da SEC procurou mais explicações. Todavia, para a situação financeira em mudança da Tesla. Assim como para as receitas que a Tesla disse que recebeu por vendas de terceiros de empresas adquiridas. E também sobre sua política de reserva de garantia, conforme divulgado em 2018.

O regulador também pediu mais explicações sobre como a Tesla estava contabilizando automóveis alugados em 2019. Após novas regras contábeis terem sido implementadas em relação às locações de automóveis.

LEIA MAIS:

Veja como shoppings com lojas mortas estão encontrando novos inquilinos 

Após Uber ser impedida de rodar em Londres, Ola contrata motoristas