Saudi Aramco faz história e levanta US$ 25,6 bi em maior IPO de todos tempos

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor

Crédito: Divulgação/Saudi Aramco

O mundo dos negócios questionava: a Saudi Aramco (monopólio estatal do petróleo na Arábia Saudita) poderá recrutar investidores dispostos o suficiente para obter uma avaliação no limite mais alto de seu alcance?

A resposta se viu nessa quinta-feira (5): a empresa entrou para a história com o maior oferta inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) de todos os tempos, levantando US$ 25,6 bilhões e fazendo com que a estatal saudita fosse avaliada em US$ 1,7 trilhão.

Assim, o valor do IPO ficou acima do recorde da chinesa de comércio eletrônico Alibaba, que levantou US$ 25 bilhões em sua oferta inicial, em 2014, na Bolsa de Valores de Nova York.

Expectativa

O príncipe herdeiro Mohammed bin Salman almejava uma avaliação perto de US$ 2 trilhões. Mas os baixos preços do petróleo, a crise climática, além do risco geopolítico, aumentaram o ceticismo entre os investidores internacionais.

A estatal de petróleo da Arábia Saudita vendeu três bilhões de ações, o equivalente a 1,5% do capital da empresa (são 200 bilhões de ações no total), por 32 riais sauditas (US$ 8,53) por ação.

Em 2016, o príncipe Mohammad Bin Salman revelou uma iniciativa chamada Saudi Vision 2030. O propósito é modernizar a Arábia Saudita, tanto como sociedade interna como potência financeira mundial. O programa Saudi Vison busca eliminar a dependência que o país tem sobre combustíveis fósseis.


Aproveite as oportunidades e aumente a rentabilidade dos seus investimentos.

Preencha seus dados abaixo e conte com especialistas para ajudar.

Se preferir, ligue direto para 4007-2374