Saiba qual foi o título do Tesouro Direto com o melhor rendimento em janeiro [2018]

Filipe Teixeira
Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.Me envie um e-mail: filipe.teixeira@euqueroinvestir.com Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585 Instagram: filipe_st
1

Foto: foto-capa-tesouro

Janeiro fechou com 212.410 operações de investimento no Tesouro Direto. Foi a terceira maior marca de compra de títulos desde 2002. O destaque foi para o Tesouro IPCA+2045, com valorização de 8,54%. Depois, vem o Tesouro IPCA+2035, com crescimento de 5,70%.

O estoque do programa em janeiro de 2018 foi de R$ 47,239 bilhões, um aumento de 13,3% em relação ao mesmo mês do ano passado.

[banner id=”teste-perfil”]

Confira a tabela com o desempenho dos títulos disponíveis:

tabela-tesouro

Fonte: Tesouro Direto

Pensando em investir no Tesouro Direto?

Antes de mais nada, você precisa saber que existem dois possíveis custos nesse tipo de investimento. A gente explica:

Taxa de Custódia no Tesouro Direto

Cobrada pela CBLC, órgão ligado a Bolsa B3 ( Antiga Bovespa) que cobra 0,3% ao ano sobre o volume investido, com uma limitação de até R$ 1.500.000,00.

[banner nome=”facebook”]

Assim mesmo que o investidor tenha R$ 2.500.000,00 investidos no Tesouro, só vai pagar taxa de custódia sobre R$ 1.500.000,00.

Esta taxa é provisionada diariamente, e cobrada semestralmente no primeiro dia útil de janeiro e julho, sempre que a dívida for superior a R$ 10,00.

Por ser provisionada diariamente, você paga proporcional se mantiver os títulos por menos de 6 meses.

Taxa de Administração

A taxa de Administração é cobrada pela instituição financeira onde você vai comprar o seu título.Hoje a maioria das corretoras de valores, como a XP Investimentos por exemplo, isenta esta taxa, mas alguns bancos ainda cobram até 0,5% ao ano. Vale a pena pesquisar.

E a tributação do Tesouro Direto?

O imposto funciona como o Imposto para investimentos em Renda Fixa e é tributado sobre o lucro.

Resgate em menos de 6 meses – 22,5% sobre o lucro
Resgate entre 6 meses e 1 ano – 20% sobre o lucro
Resgate entre 1 ano e 2 anos – 17,5% sobre o lucro
Resgate em mais de 2 anos – 15% sobre o lucro

Como o imposto é sobre o lucro, imagine que você comprou um título por R$ 1.000,00 e depois de 2 anos ele valorizou até R$ 2.000,00.

Neste caso o seu lucro foi de R$ 1.000,00 e como passamos mais de 2 anos com o investimento, o seu imposto será de 15%, ou seja, R$ 150,00 que já será recolhido compulsoriamente. Ou seja, você não precisa fazer recolhimento de nenhum imposto!

Saiba mais sobre o Tesouro Direto:

O Tesouro Direto prefixado e suas rentabilidades não fixadas

O Tesouro Direto prefixado e suas rentabilidades não fixadas

CDB ou Tesouro Direto? Qual é o melhor investimento?

CDB ou Tesouro Direto? Qual é o melhor investimento?

Se considera um investidor conservador? Então você está em risco de extinção!

O cenário econômico virou do avesso e o país já não é mais o mesmo.

As taxas de juros caíram à níveis jamais vistos no Brasil desde o final do governo Militar (imagem abaixo) e levaram os rendimentos de Renda Fixa para próximo de Zero (ou negativos no caso da poupança).

Italian Trulli

A nova equipe econômica está incentivando novos investimentos no país, e com isso já não é mais possível ganhar dinheiro confortavelmente na poupança e em CDBs comuns. Por isso, estamos declarando a Extinção do Investidor Conservador.

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Se você faz parte dessa espécie de investidor que está em risco de extinção, confirme seus dados no formulário abaixo e fale com nossa equipe. Vamos te ajudar, sem dor e sem custo.