Saiba o que é um ADR

Humberto Maurício Pennacchia
null

Crédito: Reprodução / Youtube

Você investe seu dinheiro na bolsa de valores? Caso sua resposta seja afirmativa, já pensou em comprar ADRs? Não sabe o que é isso? Não se preocupe, continue a ler essa pauta e você ficará bem informado.

O que é um ADR?  

ADR ou, American Depositary Receipt é um termo inglês que significa um recibo de depósito americano. Popularmente, podemos dizer que este é o nome dado às ações negociadas nas bolsas americanas e que são de empresas estrangeiras.

Como e quando surgiram as ADRs? 

As ADRs foram introduzidas em 1927,  como uma maneira mais fácil para os investidores norte-americanos comprarem ações de empresas estrangeiras. Os detentores de ADRs não precisam realizar transações em moedas estrangeiras  porque as ADRs são negociados em dólares norte-americanos e liquidadas por meio de sistemas de liquidação nos EUA.

BDRs, Day Trade, Unicórnios e novos IPOs.

Hoje é dia de insights para investir em 2021.

Ao oferecer ADRs, os bancos dos Estados Unidos compram ações da empresa internacional e as emitem novamente, geralmente em bolsas americanas. Importante notar que, os ADRs atuam como facilitadores entre investidores e empresas estrangeiras, possibilitando a comercialização das ações a um preço favorável para ambos.

Entenda como os American Depositary Receipts funcionam? 

Imagine que uma empresa com capital aberto no Brasil decida negociar as suas ações em uma das bolsas de valores dos Estados Unidos. Ao optar  pela emissão de ADRs, ela percorre o seguinte caminho. Primeiramente, as suas ações devem ser custodiadas  em uma instituição depositária brasileira. É obrigatório que a instituição possua a autorização de funcionamento do Banco Central, assim como esteja adequadamente habilitada pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM). A seguir, nos EUA, um banco emite recibos relacionados a esses títulos sob custódia e os disponibiliza em um mercado de balcão ou Bolsa de Valores, sob a forma de ADR. O American Depositary Receipt pode ser composto por uma única ação, pela fração de uma ação ou por um conjunto (pacote) de ações. Estas podem já ter sido negociadas anteriormente (apenas em alguns casos) ou ser totalmente novas. O valor das ações é negociado em dólar e acompanha a cotação no país de origem. Para atuar, cada empresa recebe um código único correspondente em ADR.

Saiba quais são os tipos de ADRs existentes:

Os American Depositary Receipts são divididos em 3 níveis.

No Nível 1, as ações são negociadas apenas no mercado de balcão.

Já no Nível 2, as ações são negociadas diretamente nas bolsas de valores, como NASDAQ e NYSE.

No Nível 3, uma Oferta Pública é lançada. Semelhante ao IPO, mas apenas de ADRs, é obrigatório que as ações disponibilizadas nesse nível sejam novas (esta exigência não se aplica aos níveis inferiores).

Entenda quais são as vantagens dos ADRs?

  • Para os investidores, investir em um ADR é uma maneira fácil e barata de comprar ações de uma empresa estrangeira, lucrando com outros mercados e diversificando seus investimentos.
  • Para a empresa estrangeira e o banco responsável pela custódia de suas ações, participar do mercado de ADRs permite que tenham maior acesso aos Estados Unidos, podendo explorar o mercado de renda variável de uma das maiores economias do mundo.