Saiba diversificar seus investimentos com segurança

Humberto Maurício Pennacchia
null

Crédito: Pixabay

Jamais coloque todos os ovos na mesma cesta. Quem nunca ouviu essa frase?

Se você está pensando que estamos falando de culinária, enganou-se. Essa frase enquadra-se no mercado financeiro.

Entenda a importância da diversificação de investimentos:

Diversificar a sua carteira de investimentos é uma estratégia bastante recomendável para que você possa navegar com mais segurança pelas águas, muitas vezes, agitadas do mercado financeiro.

Confira os melhores momentos da Money Week

O que é diversificação de investimentos?

A diversificação é uma estratégia de gerenciamento de risco que visa distribuir o capital investido em uma variedade de investimentos dentro de um portfólio. Assim, o risco do portfólio é consideravelmente reduzido.

Como ter uma renda passiva?

Os investimentos são uma forma inteligente para fazer o seu dinheiro render, sabendo investir bem, o dinheiro trabalhará por você.

Cuidados que você deve tomar:

Quem nunca ouviu falar naquele investimento da moda? Por incrível que pareça, quando surge esse tipo de notícia, muita gente fica tentada a colocar todos os seus recursos na nova aplicação, esperando multiplicar rapidamente o patrimônio. Se esse é o seu caso, cuidado!.

O problema ocorre quando tal decisão se mostra equivocada e a pessoa perde todo o seu patrimônio.

Existe um investimento melhor do que o outro?

Saiba que não existe uma modalidade de investimento melhor do que a outra, tudo depende do perfil do investidor, seus objetivos, em qual fase da vida ele se encontra e de sua situação financeira no momento.

Todo investimento está sujeito a algum tipo de risco, até aplicações consideradas extremamente seguras podem sofrer perdas. Essas perdas podem ser causadas por flutuações no mercado, mudanças regulatórias ou até mesmo intervenção governamental. Você se recorda do confisco da caderneta de poupança brasileira nos anos 90?

Como distribuir os investimentos?

Para diminuir os riscos e aumentar o retorno do seu investimento, os analistas indicam que você não concentre todos os seus recursos em uma aplicação. A prática ideal é distribuí-los em aplicações distintas, preferencialmente expostas a riscos de naturezas diferentes. Essa estratégia recebe o nome de diversificação de investimentos.

Agindo assim, você estará evitando alguns riscos do mercado financeiro.

Sugestão  de diversificação de carteira:

20% Ações

20% LCI/LCA

20% Renda Fixa

20% Debêntures de empresas sólidas

20% Fundos Imobiliários

Conheça alguns tipos de riscos existentes no mercado financeiro:

Existem dois tipos de riscos que ameaçam os investidores no mercado financeiro: os diversificáveis e os não diversificáveis.

O risco não diversificável, também chamado de sistemático, é referente ao risco do sistema. Esses riscos podem atingir qualquer modalidade de investimento e referem-se a crises econômicas, guerras, hiperinflação, instabilidade política, dentre outros.

Já os riscos diversificáveis,  são os riscos individuais aos quais os ativos estão expostos. São riscos que envolvem setores ou empresas específicas, e não o sistema como um todo.

Saiba como aumentar seus ganhos:

Ao diversificar seu portfólio, você abre oportunidades para otimizar a rentabilidade. Mesmo que um ativo de sua cesta de investimentos não performe muito bem em determinado período, a alocação de capital em outro produto equilibra a rentabilidade.

Sugestão de Markowitz:

Lembre-se da afirmação de Harry Markowitz, considerado pai da moderna teoria dos portfólios, feita em 1950. Segundo Markowitz “O risco de uma carteira é menor do que a soma dos riscos individuais de cada ativo”.

Pense nisso!. Proteja seu patrimônio, equilibre seu portfólio de investimentos e boa sorte!.