Sabesp (SBSP3) vai emitir R$ 1 bi em debêntures

Osni Alves
Jornalista (2007); Especializado em Comunicação Corporativa e RP (INPG, 2011); Extensão em Economia (UFRJ, 2013); Passou por redações de SC, RJ e BH (oalvesj@gmail.com).
1

Crédito: Reprodução/Facebook

Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, a Sabesp (SBSP3) vai emitir R$1 bilhão em debêntures. Trata-se de um título de crédito que uma companhia realiza junto a terceiros e que assegura a seus detentores direito contra a emissora.

São debêntures simples, não conversíveis em ações, da espécie quirografária, em até três séries, para distribuição pública, com esforços restritos, nos termos da Instrução da CVM (Comissão de Valores Mobiliários).

A oferta ocorrerá no sistema de vasos comunicantes. Será adotado o procedimento de coleta de intenções de investimento em diferentes níveis de taxas de juros e para definição, junto à emissora, da existência da primeira e da terceira série da emissão, entre outros.

Conheça planilha que irá te ajudar em análises para escolha do melhor Fundo Imobiliário em 2021

A proposta será apresentada a, no máximo, 75 investidores profissionais, sendo que as debêntures somente poderão ser subscritas por, no máximo, 50 investidores profissionais. O processo de estruturação da oferta e distribuição será conduzido  por  consórcio.

A medida tem por objetivo o refinanciamento de compromissos financeiros vincendos em 2020 e à recomposição de caixa da companhia.

Eleito hoje

O conselho de acionistas da Sabesp elegeu hoje o engenheiro civil Alceu  Segamarchi Junior para o cargo de diretor de Tecnologia, Empreendimentos e Meio Ambiente até junho do próximo ano. Ele substitui o executivo Edison Airoldi.

Segamarchi  é formado pela Pontifícia  Universidade  Católica  de Campinas, com pós-graduação em Administração Pública pela Fundação Getúlio Vargas e com participação no Programa de Desestatização e Infra-estrutura da Harvard University.

De fevereiro de 2019 a fevereiro de 2020 ele foi superintendente do Departamento de Águas e Energia Elétrica  do  Estado  de São Paulo(DAEE).