Sabesp (SBSP3) tem queda de 16,8% no lucro no 2TRI20

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores

Crédito: Divulgação Sabesp

A Sabesp (SBSP3) registrou lucro líquido de R$ 378,2 milhões no segundo trimestre de 2020. Os números representam uma contração de 16,8% sobre o lucro de um ano antes, com R$ 454,4 milhões.

No ano, a Companhia registra um prejuízo acumulado de R$ 279,8 milhões.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (Ebtida, na sigla em inglês) ajustado totalizou R$ 1,58 bilhão, avanço de 28,4% sobre o segundo trimestre de 2019. Já a margem Ebtida ficou em 35,7% no segundo trimestre de 2020.

Na base anual, o Ebtida ajustado somou R$ 3,06 bilhões, um aumento de 10,4% sobre os R$ 2,77 bilhões de Ebtida em 2019.

No trimestre, o resultado financeiro da Sabesp foi negativo em R$ 675,5 milhões contra um resultado negativo de R$ 155,6 milhões no mesmo período do ano anterior.

Operacional

A receita líquida da Sabesp totalizou R$ 4,43 bilhões no segundo trimestre, avanço de 10,9% sobre um ano antes.

No semestre, a receita líquida atingiu a cifra de R$ 8,47 bilhões, elevação de 7,6% sobre o primeiro semestre de 2019.

Já os custos e despesas, que consideram os custos de construção, somaram R$ 3.352,6 milhões, um acréscimo de 4,9% quando comparados ao ano anterior.

Novo Marco Legal do Saneamento

Sobre a Lei 14.026/2020, sancionada no dia 15 de julho de 2020, que delibera sobre o novo marco legal, a Sabesp declarou que entende ter vantagens competitivas pois os contratos já contemplam metas que atendem ou mesmo antecipam as contidas no novo marco regulatório.

Além disso, a Companhia possui acesso a capitais públicos e privados, elevado nível de governança e grande exposição ao mercado. “Desta forma está preparada para competir na ampliação de sua participação de mercado”, declarou a Companhia.