Sabesp (SBSP3): tem resgate de títulos no valor de US$ 350 milhões; JHSF (JHSF3) esclarece sobre moeda virtual

Fernando Augusto Lopes
Redator e editor
1

Crédito: Divulgação / Sabesp

A Sabesp (SBSP3), Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, notificou nesta sexta-feira (28) resgate antecipado aos detentores dos títulos 6,250% Notes due 2020, em dólares norte-americanos, com vencimento em 2020.

O resgate será no montante de US$ 350 milhões.

Praticidade e precisão, saiba quais melhores investimentos e como melhorar rentabilidade de suas ações

O valor equivalente ao valor total das notas existentes, excluindo juros capitalizados

Os juros também serão pagos na data da liquidação.

Segundo a Sabesp, “o resgate será financiado com os recursos em caixa da companhia, em linha com a sua estratégia de desalavancagem”.

A liquidação financeira do resgate vai acontecer em 30 de setembro de 2020.

Reorganização societária da Sabesp

Agosto foi marcado pela decisão do governo estadual de fazer a capitalização da Sabesp.

“A empresa vai voltar ao programa de capitalização do governo paulista e, a partir deste mês, prestará serviço a outros Estados”, declarou o governador João Dória (PSDB), dia 19.

O governador ressaltou que a Sabesp vai disputar concessões de distribuição e tratamento de água e do lixo.

“A Sabesp terá crescimento exponencial e seu valor colocado em bolsa em amplo programa de privatização que vamos anunciar”, frisou.

No dia seguinte, o governo informou que não há decisão tomada sobre o modelo de reorganização societária da companhia.

O grupo de trabalho constituído pelo Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização não concluiu suas atividades.

Está à espera da análise pelo Congresso Nacional dos vetos ao Marco Legal do Saneamento.

As ações da companhia estão valendo R$ 50,18, após o pregão de sexta-feira (28), com baixa de 0,73%.

JHSF (JHSF3) esclarece notícia sobre moeda virtual

A JHSF (JHSF3) respondeu ofício da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), sobre notícia veiculada em dia 26, no jornal Correio Braziliense, acerca do lançamento de moeda virtual J Coin pela empresa.

Primeiramente, “a companhia destaca que não manteve nenhum contato com o jornal Correio Brasiliense”.

Além disso, “com relação ao teor da mencionada notícia, a companhia esclarece que o J Coin não possui valor, sendo tão somente um item de reconhecimento do relacionamento entre a companhia e alguns de seus clientes”.

A empresa esclareceu o funcionamento.

“Por exemplo, se o cliente compra um apartamento da JHSF, recebe J Coins pela transação”, disse.

E eles podem ser usados para pagar uma diária em um hotel administrado pelo grupo, uma conta em um restaurante ou fazer compras nas lojas de seus shoppings.

Trata-se, portanto, de um programa de fidelidade e recompensa ao cliente.

BR Properties (BRPR3) informa pagamento de dividendos

A BR Properties (BRPR3) comunicou nesta sexta-feira que no dia 31 de agosto de 2020 será efetuado o pagamento de juros de forma unitária da Emissão Públicade Debêntures Simples, da Décima Emissão.

Burger King (BKBR3): participação societária da Somerset Capital alcança 5,01%

O Burger King (BKBR3) recebeu comunicado da Somerset Capital Management informando que em 27 de agosto último aumentou sua participação acionária para patamar superior a 5% das ações da companhia.

Assim, a Somerset alcançou 11.433.056 ações ordinárias, representando 5,01% das ações BKBR3.

A Somerset informa que, com exceção das ações, não detém quaisquer outros valores mobiliários da companhia.