Rumo (RAIL3) estuda aumento de capital e oferta pública de ações

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.

Crédito: Divulgação Rumo

A Rumo (RAIL3) comunicou que realizará Assembleia Geral Extraordinária (AGE) para deliberar sobre a proposta de aumento do capital autorizado da companhia.

A AGE, a ser realizada no dia 11 de agosto de 2020, pretende deliberar sobre uma potencial captação de recursos. Podendo, inclusive, acontecer por meio de uma oferta pública de ações, conforme alternativas atualmente estudadas pela administração da companhia.

“O Potencial Aumento de Capital se alinha com a estratégia de negócios de longo prazo da Companhia e visa trazer capacidade financeira para (i) executar diversos projetos estratégicos que foram impulsionados pela recente renovação antecipada da concessão da Malha Paulista e, adicionalmente, (ii) pré-pagar outorgas devidas em virtude dos contratos de concessão da Companhia”, informou a Rumo.

Ainda de acordo com o comunicado, o pré-pagamento das outorgas poderá ser feito no curto prazo. Com isso, poderá oferecer retornos de capital adequados e, ao mesmo tempo, liberar geração de caixa futuro para financiar o crescimento da companhia.

Para auxiliar a Rumo na estruturação de possível aumento de capital foram engajados os bancos Bradesco BBI, BTG Pactual, Itaú BBA, Safra e o BB-Banco de Investimento. Além de determinadas entidades integrantes dos respectivos conglomerados localizadas nos Estados Unidos.

Conheça os benefícios de se ter um Assessor de Investimentos