Uma das formas de avaliar o retorno gerado por uma companhia é o ROIC. Esta é a sigla para a expressão em inglês Return on Invested Capital.

Anteriormente, já vimos o que significam outras métricas importantes de retorno, como o ROE e o ROA.

Veja agora o que signfica o ROIC e como ele é calculado:

O que é ROIC

O Retorno sobre o Capital Total Investido mostra a eficiência da empresa na hora de alocar o capital que detém para fazer investimentos rentáveis.

De acordo com a definição da Investorpedia, o indicador mostra como a empresa está usando seu dinheiro para gerar lucro.

A fórmula para calcular o ROIC é (lucro líquido – dividendos)/ (dívida + patrimônio líquido).

A dívida mais o patrimônio líquido representa o capital total da companhia.

Outra forma de calcular o ROIC é a seguinte: NOPAT/ capital investido.

NOPAT significa Net Operating Profit After Tax, ou lucro líquido operacional após impostos.

O ROIC é calculado como uma porcentagem. Normalmente, é expresso de forma anualizada em 12 meses.

Como interpretar

Quanto maior for essa métrica, mais eficiente é uma empresa em gerar retornos aos investidores.

O indicador deve ser comparado com o custo de capital da empresa para poder determinar se ela está gerando valor.

O indicador que mostra o custo médio ponderado de capital é o WACC (Weighted Average Capital Cost).

Se o ROIC for maior que o WACC, significa que a empresa está gerando valor e suas ações serão negociadas com um prêmio.

Em média, o retorno deve exceder o custo em 2% para indicar geração de valor, de acordo com a Investorpedia.

Diferenças e semelhanças

O ROE e o ROIC são similares. No entanto, o ROE mostra o retorno sobre o capital próprio, enquanto o ROIC mostra o retorno sobre o capital total investido.

Ou seja, inclui o capital próprio e de terceiros, de acordo com o livro Gestão de Empresa: Tópicos Especiais em Gestão Empresarial.

Isso é importante porque, no geral, as empresas não usam apenas recursos próprios para crescer. Elas investem capital de terceiros no negócio, seja via empréstimos, financiamento ou emissão de títulos de dívida.

Por isso, o ROIC é considerado um dos indicadores fundamentalistas mais importantes. Por exemplo, uma empresa pode aumentar sua dívida e apresentar um ROE melhor, mas o ROIC não vai mostrar esta melhora.

O ROIC vai mostrar um quadro mais fiel por levar em considaração o endividamento na sua conta.

Vale destacar que o ROIC varia muito de acordo com o setor de atuação da empresa. Isso ocorre porque algumas empresas precisam investir mais que outras em estrutura física e equipamentos.

Por isso, é melhor utilizar esta métrica para comparar empresas do mesmo setor. Outra dica na hora de utilizar o ROIC é evitar usar o indicador de forma isolada.

Relembre o ROE

ROE é a sigla para o termo em inglês Return on Equity, que significa Retorno sobre o Patrimônio.

Este indicador mostra qual é a eficiência da empresa na hora de gerar lucro a partir dos seus recursos investidos pelos acionistas.

O Retorno sobre o Patrimônio líquido  é calculado da seguinte forma:

ROE = Lucro líquido/patrimônio líquido x 100

Vale lembrar que o patrimônio líquido é a diferença entre todos os ativos da empresa (caixa, bens e imóveis) menos os passivos (dívidas e obrigações). Estes dados ficam disponíveis nos balanços patrimoniais das empresas.