RNI (RDNI3): vendas líquidas no 1T21 totalizam R$ 157 milhões, alta de 108%

Regiane Medeiros
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Divulgação / RNI

A RNI (RDNI3) divulgou nesta quarta (14) a prévia dos resultados referentes ao primeiro trimestre de 2021.

No período, 100% das vendas líquidas contratadas ficaram em R$ 156,68 milhões, o que representa um acréscimo de 108% em relação ao mesmo trimestre de 2020.

Os números não foram auditados ainda e podem sofrer alterações.

Vendas da RNI no período

Segundo informa a empresa em comunicado oficial, as vendas líquidas da participação da RNI no trimestre somaram R$ 135,42 milhões.

Esse é um valor 129% acima do registrado no primeiro trimestre de 2020, que foi de R$ 59,08 milhões.

A VSO do trimestre apresentou crescimento de 8,1 p.p. vs o primeiro trimestre de 2020. Houve um pequeno recuo com relação ao quarto trimestre de 2020, devido aos 2 lançamentos realizados no final do trimestre.

Lançamentos

No primeiro trimestre de 2021, a companhia lançou 03 empreendimentos, totalizando R$ 221 milhões em VGV sendo 241% superior ao realizado no mesmo período de 2020.

“Analisando o 1T21 LTM a RNI atingiu R$740 milhões em VGV lançado, 70% superior do 1T20 LTM”, destacou a RNI.

Os lançamentos estão localizados conforme as macrorregiões estrategicamente definidas: i) Garden RNI, lançado na cidade de Bady Bassitt/SP; ii) Smart Haus RNI, lançado na cidade de Blumenau/SC; e iii) Moradas Parque, lançado na cidade Pacatuba/CE.

Estoque

A RNI encerrou o primeiro trimestre deste ano com 4.252 unidades em estoque. Isso equivale a um total de R$ 751 milhões em VGV.

A companhia destacou ainda que o estoque de obra concluída corresponde a 1% (46 unidades) do estoque total.

Em 31 de março de 2021, o banco de terrenos da RNI totalizava R$ 6,8 bilhões, esse valor é 34% superior que o banco de terrenos reportado em 31 de março de 2020.