RNI (RDNI3) tem alta de 15% das vendas líquidas no quatro trimestre de 2019; no ano subiram 26%

Marco Antônio Lopes
Editor. Jornalista desde 1992, trabalhou na revista Playboy, abril.com, revista Homem Vogue, Grandes Guerras, Universo Masculino, jornal Meia Hora (SP e RJ) e no portal R7 (editor em Internacional, Home, Entretenimento, Esportes e Hora 7). Colaborador nas revistas Superinteressante, Nova, Placar e Quatro Rodas. Autor do livro Bruce Lee Definitivo (editora Conrad)
1

Crédito: Divulgação / RNI

A RNI Negócios Imobiliários divulgou, nesta segunda (20), sua prévia operacional do quatro trimestre de 2019.

Segundo a empresa, no quatro trimestre de 2019, o volume de vendas líquidas foi de R$ 55,3 milhões, 8% acima do terceiro trimestre de 2019 e 15% acima do quatro trimestre de 2018. “O ano de 2019 totalizou R$ 240,4 milhões em vendas líquidas, crescimento de 26% em relação a 2018”, aponta o comunicado da empresa.

Minha Casa Minha Vida

Apesar do crescimento de 109% no Minha Casa Minha Vida, programa do governo federal que é o principal produto da RNI, as vendas líquidas ainda não refletem a entrada dos lançamentos deste segmento.

BDRs. Alternativas para investir no exterior diretamente da bolsa brasileira

Lançados em dezembro, houve, como diz o comunicado, “restrição de tempo hábil para retorno de aprovação de crédito das pastas perante as instituições financeiras, represando a maior parte destas vendas e transferindo sua contabilização para janeiro (1T20)”.

A incorporadora anunciou que os lançamentos do programa Minha Casa Minha Vida somaram R$ 371,1 milhões em 2019, o que significa aumento de 42%.

“A companhia obteve aumento de R$ 1,2 bilhão ao landbank, encerrando 2019 em R$ 4,9 bilhões. Desse valor 67% foram direcionados a projetos do Minha Casa Minha Vida”, diz a empresa.

Em 31 de dezembro de 2019, o banco de terrenos da RNI totalizava R$ 4,9 bilhões, 9% acima do trimestre anterior
.
Em relação ao land bank do MCMV, ao longo do trimestre a RNI adquiriu 9 terrenos a um custo médio de 10% do VGV,  todos por meio de permuta. Estes movimentos adicionaram R$ 1,2 bilhão ao VGV.

Terrenos descartados

Mas, no mesmo período, a RNI distratou/descartou outros 3 terrenos que estavam fora da estratégia da empresa. Ao final de 2019, o MCMV representava 67 % do banco de terrenos da companhia.
Segundo a empresa, “o repasse/desligamento totalizou R$ 17,1 milhões no quarto trimestre de 2019 — no ano, esse valor soma R$ 83 milhões”.
“Destacamos que em 2019 os produtos MCMV entraram na esteira de repasse, repassando oito vezes o valor reportado em 2018”, diz o comunicado da companhia.

Estoques

Em 31 de dezembro de 2019, o “Valor Geral de Vendas total dos estoques a valor de mercado era R$ 683,2 milhões correspondendo a 3.388 unidades.

“Após o lançamentos, houve redução no estoque concluído que passou a representar 13% do estoque total, vs. 24% no 3T19”, informa o comunicado da empresa.