Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, é internado em Brasília

Matheus Leal
Colaborador do Torcedores

Crédito: Foto: José Cruz/Agência Brasil

Segundo boletim médico, ministro sentiu mal-estar, mas tem quadro estável

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, deu entrada no Hospital das Forças Armadas (HFA), em Brasília, no fim da noite de terça e início da madrugada desta quarta-feira (28). De acordo com o boletim médico divulgado durante a manhã, Salles teria sido internado com um mal-estar e seu quadro é estável.

“A equipe assistente optou pela internação hospitalar para realização de exames de rotina. Evoluiu durante o período noturno sem intercorrências clínicas. Atualmente segue com quadro clínico estável”, diz o boletim divulgado pelo Ministério. A próxima atualização será às 16h.

O ministro, junto com o presidente Jair Bolsonaro, tem sofrido bastante pressão nos últimos dias por conta das queimadas na Amazônia. O assunto ganhou repercussão internacional, celebridades fizeram campanha e o G7 também se manifestou sobre, criando conflito com o Brasil após declarações do presidente Bolsonaro e do ministro Onyx Lorenzoni.

Ricardo Salles foi um dos poucos que se manifestaram positivamente para a ajuda da cúpula do G7, que se dispôs a enviar cerca de R$ 91 milhões ao Brasil para o combate às queimadas. O ministro do Meio Ambiente afirmou que toda ajuda é “sempre bem-vinda”, porém, em seguida, Onyx sinalizou que iria rejeitar os recursos. Bolsonaro também se pronunciou e disse aceitar a ajuda apenas se Macron retirar os insultos contra o Brasil.