Resumo semanal de mercado

Filipe Teixeira
Filipe Teixeira é redator do Portal EuQueroInvestir. Gremista, filho dos anos 80, apaixonado por filmes, música, política e economia.É também Coordenador da área de Marketing do EuQueroInvestir.com e do EuQueroInvestir A.A.I assessores de investimentos.Me envie um e-mail: filipe.teixeira@euqueroinvestir.com Ou então uma mensagem por WhatsApp: (51) 98128-5585 Instagram: filipe_st

A semana começou com imensa expectativa em virtude da nova máxima histórica, fechada em 102.012 registrando um volume acima da média para feriados: (R$ 18,6 bilhões).

No radar, o aumento da tensão entre EUA X Irã, o encontro do G-20, votação do habeas corpus de Lula no STF, leitura da ata do COPOM e os ajustes ao texto da Reforma da Previdência no congresso.

Cautela

Na terça-feira, a ata do COPOM deixou explícito que o Banco Central reduzirá a taxa juros somente em caso de aprovação da reforma, ignorando ao menos por hora, projeções de mercado que apontam IPCA e PIB mais baixo que o projetado.

“Dependerá de avanços mais concretos” diz um trecho da ata.

A velha política

A semana nos mostrou também, que o posicionamento do centrão em relação ao texto da reforma, está mais ligado ao eterno “toma lá dá cá” do que a divergências sobre ajustes feitos pelo relator Samuel Moreira. Explico:

Os deputados estão exigindo o pagamento antecipado das emendas parlamentares para votar o relatório na comissão especial.

Negociado pelo antigo “camisa 10” Onyx Lorenzoni, o acordo previa a liberação de R$ 10 milhões a cada parlamentar antes da votação no plenário e mais R$ 10 milhões depois, além de outros R$ 20 milhões até o final do ano, num total de R$ 40 milhões para cada voto.

O centrão está preocupado, alguns líderes de partido desconfiam que o novo articulador designado pelo governo, o general Ramos, não cumpra o acordo firmado por Onyx.

Emenda Parlamentar: Mecanismo de alocação do dinheiro público – e também de capital eleitoral – é um instrumento garantido aos deputados federais e senadores brasileiros em relação ao orçamento da União.

Corresponde a 0,8% da receita corrente liquida dividida entre 513 deputados e 81 senadores – garantindo uma cota individual. O orçamento de 2019 prevê algo em torno de R$ 40 milhões para cada parlamentar.

Ficou para o segundo semestre

O mérito do habeas corpus do ex-presidente Lula, alegando suspeição do ex juiz federal e atual ministro da Justiça Sérgio Moro, acabou não sendo julgado na sessão do STF na terça-feira; ficando para agosto. A proposta de Gilmar para liberdade provisória foi derrotada por 4 X 3 na Segunda Turma do STF

Uma das formas mais eficientes de identificarmos o nosso perfil de investidor, é realizando um teste de perfil.

Você já fez seu teste de perfil? Descubra qual seu perfil de investidor! Teste de Perfil

Mudança no compulsório

O Banco Central anunciou na quarta-feira (26), mudanças na alíquota dos depósitos compulsórios a prazo, de 33% para 31%, a partir do dia 1º de julho. A mudança visa injetar R$ 16,1 bilhões no mercado e tem como objetivo, estimular a oferta de crédito, atualmente estagnada.

A medida é instrumento adicional de política monetária, confirmado a preocupação do governo em recuperar a atividade econômica, diante dos recentes indicadores que seguem apontando para uma recessão técnica, amparados pelos primeiros números negativos do segundo trimestre, que já projetam mais um PIB negativo

Ao infinito e além

A recente alta do Ibovespa e a firme valorização que o índice registra em 2019 são acompanhados de um forte giro financeiro, o maior já registrado em pelo menos nove anos.

A média diária de negociações das ações do Ibov em 2019 é de R$ 12,25 bilhões, bem acima das médias dos últimos anos, considerando o início da série histórica em 2010.

Em 2018, o giro médio diário foi de R$ 9,4 bilhões; em 2017, somou R$ 6,3 bilhões. Entre os anos de 2010 e 2016, o volume negociado esteve sempre na casa dos R$ 5 bilhões a R$ 6 bilhões.

O aumento destes números certamente se explica pelo atual cenário de juros baixos e a consequente e gradual migração de recursos provenientes da renda fixa. Também pesou, a retirada de recursos de investidores estrangeiros, receosos em relação a aprovação das reformas estruturais e turbulência política.

Recuou

O IBGE divulgou nesta sexta-feira (28) os dados de emprego referentes ao trimestre encerrado em maio.  De março a maio, a taxa de desocupação ficou em 12,3%, dentro das estimativas de mercado. Que iam de 12,1% a 12,5%.

Em igual período de 2018, a taxa de desemprego estava em 12,7%, mesmo percentual medido no primeiro trimestre de 2019 (janeiro a março).

Reunião do G20

Os mercados internacionais acompanham com atenção redobrada o encontro do G20 em Osaka-Japão. Na ocasião, haverá o tão aguardado encontro entre o presidente americano Donald Trump e seu colega chinês, Xi Jinping que poderá resultar em um acordo (ou ao menos um avanço considerável) para pôr fim a guerra comercial entre as duas potências.

Trump também será protagonista em outro episódio: A tensão com o Irã .

De um lado, Estados Unidos e Arábia Saudita, grande rival regional de Teerã, favoráveis à linha dura contra o regime iraniano; do outro, os países europeus, a China e a Rússia, que tentarão acalmar a situação.

E aqui, as chances de acordo são muito menores.

Fim da novela

A União Europeia e o Mercosul fecharam o acordo comercial que começou a ser costurado ainda em 1999. O acordo envolverá os 28 países da UE além de Brasil, Argentina, Uruguai e Paraguai, as 4 nações que integram o Mercosul. Cabe ressaltar que os dois blocos juntos, reúnem cerca de 750 milhões de consumidores.

O acordo ainda carece de maiores detalhes, mas estima-se que tenha prós e contras para setores econômicos do Brasil, tendo a agricultura como maior beneficiada

Do outro lado, as indústrias automotiva, têxtil, calçadista, pneus e máquinas e equipamentos,  serão as mais prejudicadas, em virtude de sua falta de competitividade dos manufaturados brasileiros, bem como a perda de alguns dispositivos de proteção, da qual desfrutam hoje.

Alguns desses segmentos industriais  estão protegidos por uma tarifa de importação de 35%, valor máximo autorizado pela Organização Mundial do Comércio (OMC).

Giro pelo mundo

No mercado europeu, a semana encerrou com alta de 2,16% em Londres, enquanto Frankfurt avançou 3,09% e , Paris, por sua vez, teve elevação de 4,26% Já em Milão, os ganhos na semana foram de 4,81% e Madri, a alta foi de 0,08%.

Na Ásia, a semana foi de  baixa moderada, reflexo da cautela adotada ante o encontro Trump-Xi:

Xangai -0,6%, CSI300 -0,24%, Nikkei -0,29%, Hong Kong -0,28%, Kospi de Seul -0,17%

Os principais índices americanos encerraram com leve alta, também na expectativa dos líderes das duas super potências. O S&P500 registrou alta de 0,33% enquanto o Down Jones subiu 0,14%. Já o índice Nasdaq registou uma leve queda de 0,2%

Destaques do IBOV

Confira abaixo os maiores  destaques do IBOV na semana:

O grande destaque da semana, o Pão de Açúcar, liderou o ranking após seu controlador, o Casino, propor uma reorganização de seus ativos aqui na América Latina.

Neste outro quadro, o acumulado da semana no índice, distribuído por setor:

O que fazer agora

O primeiro passo sempre será conhecer seus limites, sua tolerância a risco. Não entender seus próprios limites pode levá-lo a tomar as piores decisões com seus investimentos.

Por este motivo, sugerimos que todo investidor - experiente ou iniciante - conheça seu perfil. Se busca obter ganhos mais altos aceitando certa volatilidade ou se prefere maior segurança com retornos garantidos.

Entender mais profundamente o seu perfil como investidor e seus objetivos quanto a prazos de investimentos é uma tarefa um pouco mais sofisticada. É preciso considerar histórico como investidor, fatores pessoais e até profissionais que um teste da internet não considera.

Nossa equipe pode te ajudar a avaliar seu perfil de investidor.

O primeiro passo é uma conversa de 5 a 10 minutos com um membro da nossa equipe para levantar as primeiras informações e então agendar a conversa com um especialista no mercado de Investimentos.

É ele quem vai se aprofundar no seu histórico como investidor, seu momento de vida, seus planos futuros e então te indicar para produtos recomendados para seu perfil de investidor.

Confirme seus dados no formulário abaixo e nossa equipe vai entrar em contato com você para fazer a avaliação de seu perfil de investidor e bater com sua atual carteira de investimentos.