Reformas serão votadas antes do recesso parlamentar, afirma líder do governo no Senado

Cláudia Zucare Boscoli
Jornalista formada pela Cásper Líbero, com pós-graduação em Jornalismo Econômico pela PUC-SP, especialização em Marketing Digital pela FGV e extensão em Jornalismo Social pela Universidade de Navarra (Espanha), com passagens por IstoÉ Online, Diário de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e Editora Abril.

Crédito: Reprodução/Agência Brasil/Fabio Rodrigues Pozzebom

O senador Fernando Bezerra (MDB-PE), líder do governo no Senado, já tem um calendário para a tramitação das reformas tributária e administrativa.

Ele afirmou, na segunda-feira, 3, segundo reportagem do Correio Braziliense, que os deputados devem finalizar as votações de ambos os textos até abril. E que o Senado vota os textos até meados de julho, antes do recesso parlamentar.

Sobre a reforma tributária, ele adiantou que, ainda em fevereiro, os dois textos em tramitação – do senador Roberto Rocha (PSDB-MA) e do deputado Aguinaldo Ribeiro (PP-PB) – serão unificados em um só.

Aprenda hoje a investir em Small Caps e encontre as oportunidades escondidas na Bolsa.