Rede D´Or busca levantar até R$ 12,7 bilhões em IPO

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Divulgação

A Rede D´Or São Luiz divulgou na segunda-feira (16) a faixa indicativa de preço para sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

Conforme o comunicado, as ações serão negociada na faixa entre R$ 48,91 e R$ 64,35, sob o ticker “RDOR3”.

A definição de preço para as ações está marcada para dia 8 de dezembro.

Perdeu a Money Week?
Todos os painéis estão disponíveis gratuitamente!

Dessa forma, considerando a quantidade de 145.677.487 ações ordinárias ofertadas e uma mediana de intervalo de R$ 56,63, o IPO da Rede D´Or poderá levantar R$ 8,249 bilhões.

No entanto, se for considerado a possibilidade de negociações dos lotes adicional (29.135.497 ações) e suplementar (21.851.623), a oferta poderá atingir R$ 12,7 bilhões.

Desse modo, o IPO do grupo hospitalar poderá ser o segundo maior da história do país, ficando atrás apenas do IPO do Santander Brasil, em 2009, que captou R$ 13,2 bilhões.

Nesses termos, o valor de mercado da Rede D´Or pode chegar aos R$ 127,7 bilhões, inserindo a Companhia no restrito grupo de 10 empresas com valor de mercado acima de R$ 100 bilhões, entre elas Vale e Petrobras.

O início de negociação das ações no segmento do Novo Mercado da B3 está marcado para o próximo dia 10 de dezembro.

Com a captação dos recursos, a Rede D´Or pretende construir novos hospitais, além de expandir as unidades existentes e adquirir novos ativos (hospitais, clínicas oncológicas, corretoras de seguros de saúde, entre outros).

A operação será coordenada pelos bancos: Bank of America (Coordenador Líder), BTG Pactual (Agente Estabilizador), J.P. Morgan, Bradesco BBI, XP, BB Investimentos, Citi, Credit Suisse, Safra, Santander (SANB11).

Leia Mais

Dividendos: confira as ações mais recomendadas para novembro