Rebalanceamento de carteira deixa renda sempre calibrada

Redação EuQueroInvestir
Colaborador do Torcedores

O rebalanceamento de carteira oportuniza ao investidor ter suas aplicações sempre calibradas. Também suaviza a curva e realinha o perfil de quem movimenta renda fixa e variável.

Atingir um patrimônio de R$ 100 mil é para poucos, o que amplia o desafio de busca pelas melhores aplicações para multiplicá-lo

A informação foi transmitida em uma live promovida por Juliano Custódio, Roberto Varaschin e Kleber Falchetti, sócios da EQI Investimentos.

Acesse esse material especial para avaliar resultados, performance e dividendos dos melhores FIIs no mercado.

Na ocasião, Custódio disponibilizou uma planilha de rebalanceamento, e também demonstrou como utilizar a ferramenta ao longo do bate papo.

Acesse a planilha aqui.

“A planilha mostra a importância em se rebalancear a carteira”, disse, acrescentando que é prudente o investidor criar uma periodicidade para realinhar as aplicações.

Você sabia que algumas das maiores oportunidades de ganhos da bolsa estão nas Small Caps? Quer saber mais sobre essas ações e como investir? 

Essa iniciativa, disseram, pode ser feita por data ou por percentual, de acordo com o tempo disponível para calcular os movimentos, bem como o próprio perfil do investidor.

Quer começar o dia bem-informado com as notícias que vão impactar o seu bolso? Clique aqui e assine a newsletter EQI HOJE!

No entanto, eles deixaram claro que o recurso por si só não assegura lucro às finanças, principalmente em relação a CDBs e outros papeis.

“Ele vai ter bons resultados sim, mas no longo prazo em relação ao não rebalancear”, frisaram.

Durante a conversa, Custódio ensina, inclusive, a travar e destravar a carteira, de maneira a deixá-la mais conservadora ou agressiva.

Respira e não pira

Períodos turbulentos como o atual revelam muitas particularidades da personalidade de cada um.

De acordo com Falchetti, o sucesso também está relacionado à inteligência emocional. Então, para se obter resultados positivos, é preciso estar emocionalmente equilibrado.

Significa dizer que não existe fórmula mágica que ajude a atravessar crises de qualquer natureza. No entanto, decisões conscientes sempre oportunizarão os melhores retornos.

“O problema não é a crise, mas a reação que temos frente a ela. E ninguém nasce com inteligência emocional. Ela pode ser desenvolvida e aprimorada”, disse Varaschin.

Já Falchetti sintetizou o assunto em uma frase: “respira e não pira.”

A técnica

O rebalanceamento é um mecanismo bastante simples onde se compra quando está barato e se vende quando está caro. Confira um pouco da técnica aqui.

Um dos principais exercícios para a compra de uma ação é saber se ela está cara ou barata. Para isso, preparamos um material especial para ajudá-lo nesta análise.