Ranking de investimentos: bolsa ensaia alta, mas moedas se destacam no trimestre

Yolanda Fordelone
Colaborador do Torcedores
1

Foto: Ranking de investimentos

O primeiro trimestre do ano foi marcado pela intensificação da pandemia, o que fez investimentos mais conservadores em tempos de crise se destacarem. O dólar comercial (Ptax) fechou o trimestre em alta de 9,63%, enquanto o euro subiu 4,92%.

Quem também se deu bem foi a renda fixa atrelada ao Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), já que o índice de inflação acumula alta de 8,26% no ano.

A Bolsa de Valores, por outro lado, ensaiou uma recuperação em março, mês em que o Ibovespa – principal índice de ações do mercado – subiu 6%. No entanto, no acumulado do ano, tem queda de 2%.

“Em razão da alta do Bovespa, em março a recomendação é de venda gradual da carteira”, avalia o administrador de investimentos, Fabio Colombo.

A consultoria Economática calcula que o mercado de ações brasileiro perdeu quase R$ 92 bilhões em valor de mercado no ano. No fim de 2020, as ações listadas na B3 (B3SA3) somavam R$ 4,96 trilhões contra R$ 4,87 trilhões  no valor atual.

Entre as companhias que mais ganharam valor de mercado, Vale (VALE3) lidera a alta (R$ 53,9 bilhões), seguida por Dasa (DASA3), que ganhou R$ 34,1 bilhões, e JBS (JBSS3), cuja alta foi de R$ 17,2 bilhões.

Na outra ponta do ranking da consultoria, aparece a Petrobras (PETR3PETR4) com recuo de R$ 60,2 bilhões no valor de mercado. Também tiveram grandes quedas Itau Unibanco (ITUB3ITUB4), cuja baixa foi de R$ 31,4 bilhões, e Magazine Luiza (MGLU3), com R$ 30,4 bilhões de perdas.

No mundo, as bolsas se comportaram de maneira diversa em função das incertezas. Em março, a bolsa dos EUA apresentou alta de 3,9%, Alemanha alta de 3,9%, Reino Unido alta de 2,7%, Japão queda de 1,9% e Austrália queda de 1,1%.

Renda fixa

A taxa Selic, que serve de referência para muitos investimentos de renda fixa, acumulou alta de 0,49% no trimestre. Assim, se o investidor tem uma aplicação que rende 100% da Selic obteve esse retorno no período. O mesmo porcentual foi registrado no CDI, outra taxa de referência na renda fixa.

A nova poupança, que rende 70% da Selic, teve rendimento de 0,35% no trimestre. Depósitos antigos, que rendem 0,5% ao mês, tiveram um melhor desempenho (alta de 1,51%).

No mundo de fundos de investimentos, os fundos DI subiram na média 0,44% e os de renda fixa, 0,42%, segundo cálculos de Colombo.

O administrador de investimentos destaca que em abril o mercado deve seguir de olho em alguns eventos:

  • Planos de produção e compra de vacinas e cronograma de vacinação, em nível global e nacional;
  • Evolução da segunda onda de COVID no Brasil e no mundo;
  • A recuperação das diversas economias ao redor do globo;
  • Evolução do combate a expansão do vírus, no Brasil, e colapso da Saúde;
  • Reação do mercado a reforma ministerial.

A diversificação continua a ser um bom caminho para o investidor que quer ganhar um pouco acima da média e minimizar o risco.