Randon (RAPT4) quase dobra receita líquida; CSN Cimentos adia IPO

Matheus Gagliano
Colaborador do Torcedores
1

Crédito: Reprodução/Pixabay

A Randon (RAPT4) praticamente dobrou sua receita líquida no primeiro semestre deste ano. Até junho, a companhia de implementos rodoviários, registrou receita líquida de R$ 4,026 bilhões frente a R$ 2,100 bilhões do mesmo período em 2020. Isto representa uma elevação de 91,7%.

Quanto à receita bruta, a empresa obteve, segundo prévia dos resultados, R$ 5,8 bilhões no primeiro semestre contra R$ 2,9 bilhões referente ao ano passado, sendo uma elevação de 95,6%.

CSN (CSNA3) adia IPO da CSN Cimentos

A CSN (CSNA3) teria decidido adiar o IPO da CSN Cimentos, que teria ofertas primária e secundária de ações. De acordo com o site Pipeline, o motivo para o adiamento teriam sido condições adversas do mercado, com aumento da volatilidade.

Fras-Le (FRAS3) divulga receita líquida de R$ 1,2 bilhão no primeiro semestre

A Fras-Le (FRAS3), fabricante de freios para caminhões, divulgou receita líquida de R$ 1,2 bilhão no primeiro semestre de 2021.

Este resultado é 99,4% maior do que o registrado nos seis primeiros meses de 2020. Na ocasião, havia atingido R$ 621 milhões.

Com relação à receita bruta do período, a companhia atingiu R$ 1,7 bilhão neste ano frente a R$ 892 milhões no ano passado. Isto representa um salto de 99,3%.

Priner (PRNR3) vende mais ações para a SmartCoat

A Priner (PRNR3) vendeu R$ 41,6 milhões em novas ações para a SmartCoat. Estas foram integralizadas por meio da companhia contra a SmartCoat. Esta agora passa a deter 99,99% do capital social da Priner ante uma participação anterior de 83,3%.

Pacaembu Construtora (PCBU3) aprova segunda fase do Plano de Sucessão

O conselho de administração da Pacaembu Construtora (PCBU3) aprovou a implementação da segunda fase do Plano de Sucessão da Companhia. Nos últimos dois anos, a implantação do plano foi intensificado. Inclui não apenas a sucessão da diretoria executiva da companhia, mas também a reestruturação da mesma.

Unicasa (UCAS3) entra em período de silêncio

A Unicasa (UCAS3) informou que estará entrando em período de silêncio a partir desta quarta-feira (21). O motivo é a preparação para a divulgação dos resultados da empresa no segundo trimestre (2TRI21). O período vai até 4 de agosto.

Enauta (ENAT3) retoma produção de poços no Campo de Atlanta

A Enauta (ENAT3) informou que foi retomada a produção de petróleo em dois poços do Campo de Atlanta, na Bacia de Santos. Os poços apresentaram problemas no sistema de bombeio, o que provocou sua interrupção.

Com a retomada, o campo voltou à sua produção antes da interrupção, que fica na faixa entre 17.000 e 18.000 barris por dia (b/d). Porém, o retorno pleno dos três poços que compõem o campo, deve ocorrer em agosto.

Copasa (CSMG3) delibera sobre emissão de debêntures e membros do conselho fiscal

O conselho de administração da Copasa (CSMG3) para definir pontos como a contratação de crédito a longo prazo, que será feito por emissão de debêntures. A assembleia geral extraordinária está marcada para 19 de agosto.

Além disso, também será votada a eleição dos membros titular e suplente do conselho fiscal, indicado pelo governo de Minas Gerais, acionista majoritário. Os substitutos irão completar o mandato em vigor.

Também será deliberada a remuneração global dos membros do conselho de administração, do conselho fiscal e da diretoria executiva.