Raia Drogasil (RADL3) tem lucro líquido de R$ 587 milhões

Omar Salles
null
1

Crédito: Divulgação Raia Drogasil

A Raia Drogasil (RADL3) publicou balanço hoje e comunicou um lucro líquido ajustado de R$ 168,7 milhões no quarto trimestre de 2019, resultado um pouco superior ao lucro líquido reportado em igual período de 2018, que foi de R$ 154,4 milhões. No ano fechado de 2019, o lucro líquido ajustado da Raia Drogasil avançou 7% sobre 2018 para R$ 587,1 milhões.

“Iniciamos 2020 com um forte ímpeto de vendas” informou a companhia no balanço publicado ontem à noite. Em 2019, a Raia Drogasil adquiriu e absorveu mais de 40 farmácias da Drogaria Onofre em São Paulo, e a operação ultrapassou duas mil lojas no Brasil, chegando a 2.073 farmácias.

A expansão de vendas nas mesmas lojas em 2019 foi de 9,2%, recorde segundo a Raia Drogasil.

A receita líquida da Raia Drogasil foi de R$ 4,78 bilhões no quarto trimestre de 2019, uma expansão de 15% sobre igual período de 2018. Já em 2019, a receita líquida foi de R$ 17,5 bilhões, crescimento de 18% sobre 2018.

O lucro antes de juros, impostos, amortização e depreciação (EBITDA, na sigla em inglês) atingiu R$ 1,3 bilhão em 2019, crescimento de 12,4% sobre 2018.

A Raia Drogasil encerrou 2020 com endividamento líquido de R$ 923,4 milhões, superior aos R$ 735 milhões do quarto trimestre de 2018. A relação dívida líquida sobre o EBITDA é de 0,7 vezes (0,7x) e 79% da dívida, segundo a companhia, é de longo prazo.