Raia Drogasil (RADL3) aprova desdobramento de ações; CPFL Energia (CPFE3) cancela registro na SEC

Regiane Medeiros
Economista formada pela UFSC. Produz conteúdo na área de mercado de capitais, finanças pessoais e atualidades.
1

Crédito: Wikimedia

A Raia Drogasil (RADL3) aprovou o desdobramento da totalidade das ações de emissão da companhia.

Desse modo, o referido desdobramento se dará na proporção de 5 ações ordinárias para cada ação da mesma espécie.

De acordo com a companhia, a alteração não modifica o valor do capital social, que se mantém em R$ 2,5 bilhões.

Conquiste sua Independência Financeira. Conheça os 4 Pilares para Investir

Além disso, as novas ações resultantes do desdobramento conferirão aos titulares os mesmos direitos das ações ordinárias então existentes. Inclusive em relação aos dividendos e/ou juros sobre capital próprio que vierem a ser declarados a partir de 16 de setembro de 2020.

Segundo o comunicado, os American Depositary Receipts (ADRs) lastreados em ações de emissão da companhia serão igualmente desdobrados. De modo que o titular de 1 ADR passará a ser titular de 5 ADRs, cada um deles representando uma ação de emissão da Raia Drogasil.

CPFL Energia (CPFE3) efetiva cancelamento de registro perante a SEC, nos EUA

A CPFL Energia (CPFE3) comunicou, nesta terça-feira, 15, sobre a deslistagem de suas American Depositary Shares(ADSs) da New York Stock Exchange (NYSE).

Assim sendo, a companhia efetivou o cancelamento de seu registro perante a Securities and Exchange Commission (SEC) dos EUA.

O procedimento ocorreu após 90 dias do arquivamento de um Form 15F perante a SEC em cumprimento aos critérios aplicáveis exigidos para o cancelamento.