Raia Drogasil (RADL3) lucra 13,4% a mais no 3TRI20

Felipe Alves
Jornalista com experiência em reportagem e edição em política, economia, geral e cultura, com passagens pelos principais veículos impressos e online de Santa Catarina: Diário Catarinense, jornal Notícias do Dia (Grupo ND) e Grupo RBS (NSC).
1

Crédito: Divulgação Raia Drogasil

A Raia Drogasil (RADL3) reportou nesta terça-feira (27) um lucro líquido ajustado de R$ 172,9 milhões no terceiro trimestre deste ano. A alta foi de 13,4% em comparação com o mesmo período do ano passado, quando a empresa registrou lucro líquido de R$ 152,4 milhões.

Em relação ao segundo trimestre, o lucro líquido da Raia Drogasil teve um aumento significativo: saltou de R$ 61,6 milhões para R$ 172,9 milhões.

 

BDRs| Confira os papéis disponíveis para Investimentos

Ebitda cresce 10,5%

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado no terceiro trimestre de 2020 somou R$ 397,1 milhões. Ou seja, houve uma alta de 10,5% em relação aos R$ 359,4 milhões do mesmo período do ano passado.

A margem Ebitda ajustada da Raia Drogasil foi de 7,4%, uma contração de 0,1 ponto percentual.

Sobre o segundo trimestre o Ebitda ajustado cresceu 7,4%.

 

Receita da Raia Drogasil sobe 12,8%

A receita bruta da Raia Drogasil fechou o 3T20 com R$ 5,4 bilhões. Ou seja, houve um incremento de 12,8% sobre o mesmo período do ano anterior.

Segundo a empresa, conforme as medidas de distanciamento social implementadas para combater a pandemia do Covid-19 foram afrouxando ao longo do trimestre, houve melhoras consideráveis nas receitas com o crescimento alcançando 12,8%, em contraste a 6,3% registrado no 2T20.

Apesar das lojas localizadas nos shoppings terem reiniciado suas atividades, elas operaram com horários curtos e tráfego de clientes reduzido. Segundo a Raia Drogasil, isso penalizou as vendas do grupo. Excluindo-se essas lojas, o crescimento consolidado foi de 16,8%.

 

Despesas, fluxo de caixa e endividamento

As despesas com vendas da Raia Drogasil totalizaram R$ 963,6 milhões no 3T20, equivalente a 17,9% da receita bruta, em linha com o mesmo período do ano anterior.

Já as despesas gerais e administrativas totalizaram R$ 134,2 milhões no 3T20. Valor equivalente a 2,5% da receita bruta e uma pressão de 0,2 ponto percentual sobre o mesmo período de 2019.

O fluxo de caixa livre da empresa foi positivo, de R$ 351,8 milhões. Houve uma geração total de caixa de R$ 331,3 milhões no 3T20.

O período encerrado em setembro teve uma dívida líquida ajustada de R$ 1.177,6 bilhão. Este indicador foi de R$ 876,9 milhões no mesmo período de 2019. A dívida líquida ajustada sobre o EBITDA foi de 0,9x. Ou seja, 0,2x maior quando comparada ao mesmo período do ano passado, mas 0,3x menor em relação ao 2T20.

 

Projeto de expansão da Raia Drogasil

Segundo a empresa, 64 lojas foram inauguradas no segundo trimestre. Ou seja, 12 a mais do que no mesmo período de 2019 – totalizando 2.223 lojas em todo o país. Até o fim do ano, a expectativa é que em 2020 a Raia Drogasil tenha aberto 240 lojas (158 já estão de portas abertas).

Por fim, para 2021 e 2022 a expectativa é de, também, abrir 240 lojas. Hoje o grupo tem um Market share de 13,2%. No Estado de São Paulo este índice é de 25,1%.

“Medidas de distanciamento social continuaram a ter um impacto desigual na demanda conforme o segmento econômico e região geográfica. Segundo dados da IQVIA, regiões de renda mais alta, onde a RD mantém um share desproporcional de lojas, viram uma redução na representatividade de mercado quando comparadas às de renda menor, devido ao maior nível de aderência a essas medidas”, diz a Raia Drogasil.

 

Tá, e aí?

Em análise publicada nesta quarta o BTG Pactual aponta que os resultados trimestrais mostraram uma tendência de melhora esperada para RD.

A execução da empresa aliada a um plano de expansão agressivo (em novas regiões e novos formatos), um roteiro completo de investimentos em sua plataforma digital, foco na experiência do cliente e um sólido CAGR de 28% reforçam a visão estrutural otimista do BTG Pactual sobre a empresa.

Assim, a recomendação é de compra do ativo até o valor teto de R$ 24.

 

Se você quer saber mais sobre o mercado de ações e como investir, preencha o formulário abaixo que um assessor da  EQI Investimentos entrará em contato.